Festa de posse de Ney Santos reúne centenas de pessoas na sede da prefeitura de Embu!

 Por Sandra Pereira – Jornal na Net 
Divulgação - Facebook
Prefeito fez discurso positivo de agradecimento aos moradores e lideranças presentes na sua festa de posse

Embu das Artes parou para festejar a posse do prefeito Ney Santos (PRB), neste domingo, 12. Centenas de moradores, lideranças políticas entre as quais os deputados Gilmaci Santos (PRB) e Cezinha do (DEM), participaram do ato solene realizado na prefeitura do município neste domingo. Uma verdadeira chuva de fogos de artifício anunciou aos moradores de Embu que o prefeito assumiu o cargo, o governo começa imediatamente e sepulta mais de uma década de administração do PT na cidade.

“Ate a mesa da prefeitura eles levaram embora. Patrimônio da prefeitura muitas vezes vai procurar e não existe. Mas nós assumimos e vamos fazer dessa cidade a melhor. Nós vamos ter dificuldades mas vamos trabalhar muito”, garantiu o prefeito na posse. “Foi Deus quem escolheu e o povo que elegeu, então deixa a gente trabalhar”, propôs aos adversários.

Ele ainda anunciou aos participantes a chegada de mais um filho, o seu quinto, já que a esposa está grávida de poucas semanas.

Mesmo quem não participou da solenidade viu o município parar para receber o novo prefeito que assumiu o cargo depois de passar quase 60 dias foragido após sofrer acusação do Ministério Público de pertencer a facção criminosa, lavar dinheiro e traficar drogas. Todas as acusações são negadas pelo prefeito que diz sofrer perseguição política do PT e promete passar o município à limpo.

Aos presentes o prefeito foi apresentado como alguém predestinado à vencer que foi vítima de perseguição e calúnias, mas, que se manteve firme e conseguiu provar na Justiça sua inocência.

Ney Santos assume a partir desta segunda-feira, 13, a missão de administrar uma Embu das Artes endividada, com problemas na saúde, ruas esburacadas, alto índice de desemprego e dona da passagem mais cara da região. Por outro lado a cidade conseguiu aumentar a arrecadação com o ICMS, manter o maior parque industrial entre as vizinhas e atrair empreendimentos imobiliários de destaque, como os que a Cooperativa Habitacional Vida Nova planeja implantar nos próximos anos.

A popularidade gigantesca do prefeito faz com que boa parte das pessoas o veja como uma espécie de salvador da pátria. Alguém capaz de resolver os problemas emergentes como a falta de médicos, más condições da saúde, as vias mais esburacadas entre os municípios da região e o problema crônico do lixo nas ruas.

No campo político, o prefeito Ney Santos não vai enfrentar dificuldades. Dos 17 vereadores eleitos na cidade, apenas a vereadora Rosangela Santos (PT) demonstra seguir firme na cartilha da oposição, mas sozinha nessa tarefa na Casa de Leis não deverá colher muitos frutos.

Até o momento, nesse quesito o prefeito parece repetir com louvor a receita do seu antecessor Chico Brito, que trouxe para o seu lado todos os vereadores e construiu o maior arco de alianças que Embu já viu. Graças a isso passou mais de 7 anos sem receber uma única crítica no parlamento municipal. Chico só conheceu os dissabores de ter oposição às vésperas da eleição do seu sucessor.

Mas, ao que tudo indica se depender do desejo do prefeito Ney Santos, Chico vai sentir na pele como é ter um sucessor disposto a investigar e passar à limpo todos os atos de um governo. Ney Santos quer mudar o presente e o futuro do Embu e para isso quer mexer e muito no passado. As auditorias de contratos e pagamentos são os primeiros passos nesse caminho que pode ser bem tortuoso para quem deixa o poder.

jornalopardal

Jornal O Pardal, distribuído gratuitamente nas cidades de Juquitiba e São Lourenço da Serra, formato Germânico impresso à 4 cores. Com uma diagramação moderna e comunicativa as matérias são sempre de agrado do público. Leia você, também, o Jornal O Pardal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *