O lixo da Estrada Velha!

SITE 2

O lixão de Juquitiba, está enorme, a pilha já tem uns 5 metros de altura. De quem é a culpa? O porque disso? Ninguém sabe.
A gente só sabe que o lixo está no lixo, lá é o lugar de se colocar lixo da cidade, os caminhões de lixo recolhem e levam prá lá, os sitiantes ou moradores educados que não tem esse tipo de serviço a sua disposição depositam o seu lixo lá.
Agora, jogar lixo na Estrada dos outros, aí já é demais, nesta edição nós vamos falar da Estrada sem dono da cidade:
A ESTRADA VELHA!
Se quiserem podem chamar de Estrada João Victor Vieira e no Google Maps ela chama-se Estrada Morro das Pedras.
Há pouco tempo atrás o governo do Estado reivindicou a propriedade desta estrada colocando placas de quilometragem, avisos de curvas e placa de finalização.
Todo mundo da região ficou feliz, achando que a estrada iria sair do abandono, achavam até que iriam asfaltar. Ninguém cuida, nem o governo municipal e nem o Estadual.
Esta estrada é o local predileto dos mandriões e sacripantas que adoram jogar entulho, restos de obra, lixo, abandonam animais, e sabem porque eles gostas de fazer isso lá? É porque é perto do centro.
Estrada Velha, que em outros tempos levavam os tropeiros para Itapecerica, era tão boa que uma das casas mais antigas da cidade, a dos Bucolinis foi construída ali.
Estrada Velha, cheia de buracos, esgoto a céu aberto, onde os postes são tão inclinados que quando chove e uma árvore cai nos fios, os postes vão para o chão!
Alguém está tirando terra do barranco a beira da estrada com retro escavadeira, daqui a pouco começará a cair as árvores.
Em uma favela do Rio de Janeiro, os traficantes donos do pedaço colocaram uma faixa com os seguintes dizeres: Lixo no chão, tiro na mão!
Não vamos exagerar, mais que dá vontade de ensinar boas maneiras a esses safados dá!
Veja a foto! E não precisamos falar mais nada!

jornalopardal

Jornal O Pardal, distribuído gratuitamente nas cidades de Juquitiba e São Lourenço da Serra, formato Germânico impresso à 4 cores. Com uma diagramação moderna e comunicativa as matérias são sempre de agrado do público. Leia você, também, o Jornal O Pardal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *