Redução de 8,3% em mortes na Régis Bittencourt!

A BR–116 SP/PR, sob administração da Autopista Régis Bittencourt, apresentou redução de 8,3% no número de vítimas fatais em 2016, em comparação ao ano anterior. Em 2015, foram 96 vítimas fatais. Já em 2016, o número reduziu para 88. É o quarto ano consecutivo que a concessionária registra redução de vítimas fatais, sendo que o acumulado do período é 55% menor que em 2013.
A Autopista Régis Bittencourt investe constantemente em obras de melhorias e infraestrutura para garantir a fluidez no trânsito e a segurança dos usuários. O resultado destes investimentos se reflete também na redução do número de ocorrências. Em 2016, a redução no número de acidentes foi de 9,5% comparado com o ano anterior.
Os tipos de ocorrências que mais apresentaram redução foram as colisões frontais (30,4%), as saídas de pista (30%) e as colisões traseiras (12%). Quanto aos acidentes com vítimas fatais, as estatísticas de redução que mais se destacaram foram as quedas de moto (72%), saídas de pista (66%) e tombamentos (50%).
“Assumimos importantes compromissos de investimentos, como na duplicação dos 30,5 quilômetros da Serra do Cafezal, e muitas outras obras que já fazem da Régis Bittencourt uma rodovia mais segura”, comenta o diretor superintendente, Eneo Palazzi.

Oito anos de investimentos
A Autopista Régis Bittencourt tem feito investimentos permanentes na recuperação, conservação e manutenção da rodovia, o que se reflete em melhores condições de trafegabilidade, sinalização mais eficiente e novos dispositivos de segurança. Atualmente, a Régis Bittencourt possui 67 passarelas. Destas, 50 foram construídas pela concessionária. Mais seis obras de passarelas estão em andamento. A concessionária também já implantou vinte novos dispositivos de retorno em desnível, eliminando, consequentemente, a travessia insegura pela rodovia, feita anteriormente por retornos em nível, que foram fechados após a conclusão das obras de novos retornos e acessos. As intervenções em pontos considerados críticos, com investimentos em reforço com barreiras de concreto, sinalização e iluminação, também têm apresentado resultados favoráveis. A operação de multas dos radares fixos instalados ao longo da rodovia Régis Bittencourt, em implantação realizada em apoio à fiscalização da Polícia Rodoviária Federal, é uma ação que contribuiu diretamente para os dados positivos de redução de acidentes e mortes na rodovia.

Revisão dos veículos
Para este ano, a Concessionária trabalhará junto aos motoristas a importância da revisão periódica nos veículos. O motivo são as ocorrências registradas por acidentes ocasionados por falta de freio, estouro de pneu, roda solta de caminhões e carretas, entre outros.
“Além da lei, a busca por segurança justifica a importância de manter revisão periódica em dia. Por meio de campanhas educativas, vamos alertar os usuários, principalmente condutores de veículos pesados, a criarem o hábito do checklist diário em seus veículos”, afirma o gerente de tráfego da Autopista Régis Bittencourt, Francisco Pires.

Serviços 24h na rodovia
Além das obras, os usuários também contam com os serviços de atendimento mecânico e médico 24 horas aos usuários, para apoio em situações de emergência na rodovia. O condutor viaja com a certeza de que, caso ocorra alguma eventualidade na rodovia e seja necessário atendimento com socorro mecânico ou médico, ele pode solicitar os serviços da concessionária. Em 2016, foram registradas mais de 144 mil ocorrências que geraram mais de 197 mil atendimentos.
Para isso, as equipes da Autopista estão treinadas para prontamente servir os usuários. Para atendimento este trabalho, a concessionária disponibiliza cerca de 70 veículos operacionais, entre guinchos, ambulâncias, inspeção de tráfego, veículos de combate a incêndios e apreensão de animais na rodovia.

EMERGÊNCIA BR116
REGISTRE NO SEU CELULAR
0800 7090 116

jornalopardal

Jornal O Pardal, distribuído gratuitamente nas cidades de Juquitiba e São Lourenço da Serra, formato Germânico impresso à 4 cores. Com uma diagramação moderna e comunicativa as matérias são sempre de agrado do público. Leia você, também, o Jornal O Pardal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *