segunda-feira, 20, maio, 2024

Motorista que matou ciclista atropelado se apresenta à Polícia Civil

Ele teria alegado que ficou com medo de ser agredido por outros ciclistas que acompanhavam a vítima, por isso, não parou

Mais lido

O homem que conduzia a caminhonete que atropelou e causou a morte do ciclista Diego Henrique Corrêa da Silva, de 41 anos, na Vicinal Francisco Zanin, na noite da última terça-feira (23), se apresentou na manhã desta quinta-feira (25), na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Araraquara. A caminhonete Amarok branca envolvida no acidente fatal foi identificada em uma casa localizada na Vila Xavier.
Segundo o relato do suspeito para a Polícia, ele não teria procurado a delegacia antes por estar com medo. Ele teria relatado que tudo não passou de um acidente, porém, investigações estão em andamento e devem identificar as causas e possível culpa. 
O homem contou que no momento do acidente ele voltava de uma reunião familiar na casa do pai que mora na área rural. Ele alegou não ter ingerido bebida alcoólica e que não viu o ciclista antes de atingi-lo.
O homem disse ainda que não parou para prestar socorro, pois teria ficado com medo de ser agredido pelos ciclistas que estavam com a vítima. Mas teria ligado para sua mãe e pedido para que ela acionasse o socorro.

O delegado da DIG, Dr. Fernado Bravo, disse que as investigações vão continuar e que os outros ciclistas devem ser ouvidos para que as versões sejam confrontadas. Depois de ouvido, o homem foi liberado, mas vai responder pelo crime de homicídio culposo (sem a intenção de matar) na direção de veículo automotor em liberdade. 

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias