quarta-feira, 29, maio, 2024

Quadrilha de Araraquara suspeita dar golpes em sites falsos de leilões é desmantelada pela Polícia Civil

Operação, realizada pela Polícia Civil de Goiás com o apoio da DIG de Araraquara, prendeu 5 suspeitos

Mais lido

A Polícia Civil prendeu cinco pessoas, na manhã desta quarta-feira (10), em Araraquara, durante a “Operação Loki”, que investiga uma quadrilha suspeita de aplicar golpes utilizando sites falsos de leilões.

A operação foi deflagrada pela Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos, com o apoio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Araraquara, após quatro meses de investigações. Os mandados de prisão preventiva foram cumpridos em casas localizadas no Jardim Paulistano, Santa Lúcia, Maria Luiza e Machados. No total, foram presos três homens, de 23 anos, e dois, de 26 e 58 anos.

De acordo com declaração do delegado da DIG, Dr. Fernando Bravo, a associação se utilizava de sites falsos de leilão de veículos para atrair as vítimas. Após o pagamento, os compradores eram orientados a procurar supostos pátios para fazer a retirada e só então percebiam que se tratava de um golpe. Uma das vítimas de Goiás sofreu um prejuízo de R$ 87 mil.

Dos cinco suspeitos, dois foram presos em flagrante, sendo um deles por tráfico de drogas e o outro por posse de arma de fogo.

Após a prisão, os presos foram ouvidos e levados à Cadeia Pública de Santa Ernestina. Um deles confessou a prática criminosa, inclusive, dando detalhes sobre como os sites falsos eram montados.

Segundo a Polícia, a investigação continua com o objetivo de identificar e localizar outros integrantes deste grupo, além da localização e bloqueio de bens e valores obtidos ilicitamente pelos criminosos.  

 

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias