segunda-feira, 27, maio, 2024

ZS Duo apresenta “Chico Buarque – Um outro Olhar” na reabertura do Teatro Municipal 

Os ingressos gratuitos para o show serão distribuídos na bilheteria do Teatro

Mais lido

O show musical “Chico Buarque – Um outro Olhar”, com NU’ZS Duo, formado pelo músico araraquarense Max Silva e pela cantora e compositora Marcê Porena, abre a programação do Teatro Municipal de Araraquara nesta sexta-feira (12), às 20 horas, em uma realização da Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Fundart, com apoio do governo federal, via Ministério do Turismo e Sesc Araraquara. Os ingressos gratuitos serão distribuídos na bilheteria do Teatro Municipal a partir das 17 horas no dia da apresentação, com até 2 ingressos por pessoa, até o limite da capacidade do espaço.

A dupla Max Silva e Marcê Porena vem se destacando no cenário musical pela sua originalidade e por introduzir elementos eletrônicos, pop e teatrais, dentro de clássicos e canções populares. O Brasil de Chico Buarque, neste show do NU’ZS Duo, ganha um novo olhar visceral, pop, original e contemporâneo, com arranjos e interpretações que proporcionam ao público uma nova viagem musical, poética e de sensações.

O espetáculo “Chico Buarque – Um outro Olhar” é simultaneamente minimalista e grandioso. Max Silva, que assina a direção musical, usou a tecnologia disponível atualmente para criar diversas camadas de backing tracks. A pré-gravação das bases e instrumentos suprimiu a necessidade de uma banda de apoio no palco. “Nosso show prova que a música de Chico Buarque, quando interpretada com uma nova abordagem e atualizada sob um outro olhar, estabelece um elo com a atemporalidade” – comenta o músico.

Chico Buarque de Holanda é um dos mais importantes compositores da música popular brasileira e possui uma vasta obra dentro do cancioneiro brasileiro e que neste show 22 canções do autor são divididas em 2 atos, sendo o I ato, com arranjos que passeiam pela linguagem da música eletrónica e o II ato mais intimista, com versões com guitarra e voz, revisitadas pelo NU’ZS Duo.

“Geni e o Zepelim”, a epopeia brasileira da Ópera do Malandro, ganha um ar psicodélico, com guitarras e sintetizadores (https://youtu.be/p8eCUOnibdo?si=fgFHiLkIYfl6dv5e). Já, “O Meu Amor”, volta aos anos 70, com o balanço da disco music e se atualiza para os dias atuais, ganhando novas possibilidades com o uso da tecnologia, explorada pela “MPB” de hoje (https://youtu.be/R_-8FC-ZRdU?si=V9doUvY-jXunvLcq).

O autor Chico Buarque, representa uma geração de artistas brasileiros que são sinônimos de qualidade artística, seja musical ou literária e, que ao longo da história cultural, ajudaram a construir uma identidade genuinamente brasileira. Sua obra pode ser chamada de clássica, mas ao mesmo tempo, se classifica como popular, pois se faz presente no imaginário do nosso povo.

Por ser um artista reconhecido por muitos anos desde sua juventude, algumas de suas obras representam diversos momentos históricos do Brasil, sejam políticos ou sociais e são também representantes da idiossincrasia brasileira. Parafraseando Rui Guerra: Chico Buarque não existe, é uma ficção – saibam.

“Inventado porque necessário, vital, sem o qual o Brasil seria mais pobre, estaria mais vazio, sem semana, sem tijolo, sem desenho, sem construção.”

Os ingressos gratuitos para o show serão distribuídos na bilheteria do Teatro Municipal a partir das 17 horas no dia da apresentação, com até 2 ingressos por pessoa. O Teatro Municipal de Araraquara está localizado na Av. Bento de Abreu, s/nº, na Praça Lívio Abramo.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias