quinta-feira, 18, abril, 2024

Clube de leitoras no Centro de Referência da Mulher: próxima reunião acontece nesta sexta (23)

Parceria entre a Prefeitura e o Clube de Leitoras “Nossas Vozes”, iniciativa conta com reuniões mensais e gratuitas, feitas de forma presencial

Mais lido

O Centro de Referência da Mulher “Professora Doutora Heleieth Saffioti” recebe, a partir deste mês de fevereiro, o Clube de Leitoras “Nossas Vozes”, em mais uma ação que visa acolher todas as mulheres através de diferentes atividades realizadas em seu espaço.  

Segundo sua fundadora e mediadora do clube, Rebeca Chibeni, o “Nossas Vozes” é um clube de leitoras de mulheres para mulheres. “Foi fundado em 2018 e, desde então, tem reunido diversas mulheres. A missão principal do clube é dar mais visibilidade aos livros escritos por mulheres, e também formar espaços de debates e trocas entre as participantes. E como afirmou Virgínia Woolf, ler mudou, muda e continuará a mudar o mundo. E esse tem sido um dos nossos lemas”, comentou Rebeca.

O Centro de Referência da Mulher é um serviço integral e multidisciplinar voltado para o acolhimento e atendimento humanizado às mulheres em situação de violência, proporcionando atendimento psicológico e social, orientação e encaminhamentos jurídicos necessários à superação da situação de violência. Trata-se, portanto, de um serviço especializado previsto na Lei Maria da Penha e, segundo a norma técnica dos Centros de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (2006), que compõe a Política Nacional de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher, considerado como estrutura essencial do programa de prevenção e enfrentamento à violência contra a mulher, uma vez que visa promover a ruptura da situação de violência e a construção da cidadania por meio de ações globais e de atendimento interdisciplinar às mulheres em situação de violência.

Em Araraquara, o local onde o CRM se localiza, região central da cidade, também se constitui como um espaço de referência para todas as mulheres – que vivem ou não em situação de violência -, oferecendo diferentes atividades como oficinas – yoga, arte terapia, cosmética -, Grupo Vivências Mulheres – Saúde Mental e Autocuidado, além de disponibilizar o espaço para reuniões da Associação Mães Guerreiras, do Coletivo Bennu/Promotoras Legais Populares, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e dos ensaios do Bonde das Batuqueiras.

A coordenadora executiva de Políticas para Mulheres, Grasiela Lima, destaca a importância do Clube de Leitoras. “Trata-se de mais uma ação de extrema relevância para o fortalecimento de diferentes iniciativas e propósitos das mulheres em nosso município. A vinda do ‘Nossas Vozes’ para o CRM potencializa a política de formação de leitoras através da disseminação de conhecimentos e ampliação de repertório, ação que foi iniciada com a inauguração da Biblioteca ‘Lucila Scavone’ em 2022 e reforçada com o Ciclo de Estudos Feministas em 2023, entendendo-se a leitura como prática social e cultural que contribui com a formação cidadã e amplia os horizontes e as possibilidades de interpretar textos e transformar as realidades, especialmente das mulheres, através de diferentes autoras e suas obras mais expressivas”, avaliou.

O Centro de Referência da Mulher fica na Avenida Espanha, 536, Centro. As reuniões são mensais e gratuitas, feitas de forma presencial. As interessadas podem se inscrever pelo e-mail [email protected].

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias