segunda-feira, 27, maio, 2024

Com 350 inscritas, Guerreirinhas Grenás promoveram seletiva no CT do Pinheirinho

Ao todo, 42 atletas foram aprovadas para a segunda fase da seletiva

Mais lido

O CT do Pinheirinho proporcionou na manhã de sábado (4) a seletiva das Guerreirinhas Grenás, a primeira do ano na cidade de Araraquara. As atividades ocorreram nos Campos 2 e 3.

Ao todo, foram 350 inscritas, entre os anos 2009 a 2014, nas categorias Sub-12 e Sub-15. 42 atletas foram aprovadas para a segunda fase da seletiva, sendo que 27 são para a categoria Sub-12 e 15 para o Sub-15.

Durante a seletiva, estiveram presentes os Observadores Técnicos, José Carlos Rosa, o “Rosão”, e Janaine Camargo, a Jana, e das comissões técnicas, lideradas pelas treinadoras Soraia Santos (Sub-12) e de Ana Zanatta (Sub-15). O treinador Anderson Clayton (Sub-17) também acompanhou de perto o desempenho das futuras Guerreirinhas, assim como a coordenadora das categorias de formação, Karina Konzen.

“Depois que foi implementada as observações, conseguimos revelar meninas que ninguém conhecia e isso tem agregado muito no projeto, dando um fomento cada vez mais para as categorias de formação, tanto que foi instituído o Sub-12. Graças ao trabalho de captação, isso tem acontecido de forma mais direta com a chegada de meninas pontuais”, comentou Jana.

Após exercer a função de preparador físico na categoria Sub-14 e Sub-15, Rosão falou sobre a missão de ter que captar jovens atletas para integrarem o projeto e destacou o sólido trabalho feito pelo clube.

“Com 20 anos de experiência na parte de preparação física, agora estou na parte de captação de novos talentos. O fato de você sair e detectar novas meninas, trazê-las para cá e desenvolve-las para ter uma projeção para o futuro, não tem coisa melhor”.

“O futebol feminino da Ferroviária oferece esta estrutura para que a gente possa fazer isso e tem essa condição de trabalhar com as categorias Sub-12, Sub-14 e Sub-15, e temos que captar estas meninas o quanto antes para que não possam ir para outros clubes. Por ter o aval e o que o clube já conquistou, nos favorece muito. Temos meninas do Brasil todo fazendo avaliação aqui e, pra nós, é uma alegria muito grande”, concluiu Rosão.

Com o trabalho iniciado nesta temporada, Karina Konzen enfatizou o trabalho de captação de atletas e também por usufruírem do mesmo espaço que as Guerreiras Grenás treinam para que a seletiva pudesse ser realizada com sucesso.

“É bem importante ter uma seletiva no CT do Pinheirinho, pelo fomento e por ser pois é o nosso local de treino. Neste ano, separamos por categorias, realizando Sub-12 e Sub-15, posteriormente, teremos Sub-17 e Sub-20”

“A captação é o nosso carro chefe. Hoje, temos meninas de todos os cantos do Brasil, devido a captação. A ideia da gente fazer a captação é de conseguir alimentar a equipe principal através das categorias de formação. A longo prazo, a gente vai ter muito sucesso do que a gente já tem hoje”, declarou Konzen.

O trabalho de captação segue Brasil a fora durante todo o ano de 2024, com visitas programadas em boa parte dos estados e também no interior de São Paulo.

Texto e foto: Rafael Zocco/Ferroviária SAF

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias