quinta-feira, 29, fevereiro, 2024

Entidades assistenciais recebem 7 toneladas de alimentos da campanha “Natal Sem Fome”

Fundo Social de Solidariedade de Araraquara realizou a entrega na manhã desta quarta-feira (13) no Banco de Alimentos

Mais lido

Na manhã desta quarta-feira, no Banco de Alimentos, na Vila Xavier, o Fundo Social de Solidariedade de Araraquara realizou a entrega de quase 7 toneladas de alimentos às entidades sociais do município. O conteúdo foi arrecadado na campanha “Natal Sem Fome”, que mobilizou a cidade de Araraquara no último sábado (9), em pontos de arrecadação espalhados por toda a cidade. A ação, que teve o propósito de auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade do município, arrecadou diversos itens, em especial arroz, feijão, macarrão, leite UHT longa vida (caixa) e sardinha enlatada.

Além do Banco Municipal de Alimentos, na Vila Xavier, e da Casa dos Conselhos, no Centro, a campanha contou com o apoio de 56 supermercados e hipermercados, que também atuaram como pontos de arrecadação.

A presidente do Fundo Social, Cidinha Silva, fez uma avaliação positiva da ação. “Essa campanha foi muito significativa para nós, enquanto Fundo Social e enquanto Assistência Social. Ela teve o intuito de levar o alimento, mas mais forte que isso foi a solidariedade. Foi um evento diferente porque cada entidade não pensou em si, foram as 47 que vieram conosco, cada uma arrecadando sabendo que iria para o outro também. Isso foi muito bonito. A solidariedade começou entre as instituições. Foi muito bonito, muito significativo e, se Deus quiser, daqui para frente será  um sucesso maior ainda”, comentou.

A secretária de Assistência e Desenvolvimento Social da Prefeitura de Araraquara, Jacqueline Pereira Barbosa, enalteceu a união de esforços em torno da ação. “Foi uma grata surpresa. Já vivemos a experiência da solidariedade na pandemia e vivemos isso todos os dias. Mais uma vez pudemos ver o quanto o povo de Araraquara é solidário. Deixo aqui minha imensa gratidão a todos os supermercados que aderiram a campanha, a todas as entidades assistenciais que colaboraram neste dia, a toda a equipe da Coordenadoria de Segurança Alimentar, do Fundo Social, da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular, da Secretaria de Comunicação, porque foram peças importantes para que esse dia fosse um sucesso como foi. E a parceria entre Câmara Municipal e Prefeitura é extremamente importante para que coisas como essa, que chegam concretamente na vida das pessoas como resultado, sejam possíveis”, salientou.

A campanha foi idealizada pelo vereador Marchese da Rádio (Patriota) e instituída por Projeto de Lei aprovado pela Câmara Municipal. O vereador comemorou o resultado da mobilização. “Faço um balanço extremamente positivo da campanha, que é realizada todo segundo domingo de dezembro. Foi a primeira, mas foi um sucesso, com quase 7 toneladas de alimentos, envolvendo 47 entidades. Estamos felizes, pois neste Natal muita gente vai ter o que comer por conta dessa campanha”, apontou.

Débora Regina Muniz, do Lar Escola Rita Maria de Jesus, também falou sobre a campanha. “Esse foi um momento em que soubemos que uma mão lava a outra e as duas lavam o rosto. Esse é um velho ditado e foi uma união muito linda. Pessoas que nunca tivemos contato, dentro da cidade, entre as instituições, se tornaram uma só. Foi muito lindo”, avaliou.  
Marisa Aparecida Alves Franco, da Comunidade Cristã Aliança de Paz, também valorizou a ação. “A campanha é uma bênção e creio que deveríamos até fazer mais vezes. Vemos que tem muitas famílias em vulnerabilidade e que muitas vezes não têm um pão para colocar na mesa. Sabemos que tem muitos desempregados, pessoas com crianças, e esse ato vai ajudar muitas famílias. É um ato pequeno, mas um ato bom que pode ser feito várias vezes para ajudarmos mais famílias. Com um pouquinho que cada um faça, estaremos ajudando muito mais”, ressaltou.

O conteúdo arrecadado foi revertido às entidades assistenciais: Apae, Aprendizes do Evangelho, Associação Amigos da Vida, Associação Cultural Ari Bombarda, Associação Mães Guerreiras, Associação São Pio, Bethel Pra Ti Cidade, Casa Betânia, Casa Cairbar Schutel, Casa de Acolhida Sacrário de Amor, Casa de Fraternidade Chico Xavier, Casa Mater, Centro Espírita Ana Grossi Telarolli, Centro Espírita Inácio Ferreira, Centro Espírita Paschoal Grossi, Chá de Vida, Comunidade Aliança de Paz, Comunidade Brasil para Cristo, Comunidade Unidos em Cristo, Comunidade Jesus Cristo Sofredor, Espaço Criança Cristo Rei, Fundação Bento XVI, Gaspa, Grupo Cáritas, Grupo Viva, Igreja Assembléia de Deus Emanuel, Instituto dos Cegos Santa Luzia, Kombinéia, Lar Escola Redenção, Lar Escola Rita Maria de Jesus, Lar Juvenil, Lar Nossa Senhora das Mercês, Lar Otoniel de Camargo, LBV, Mãos Doadoras, Morada de Luz Jerônimo Mendonça, Obreiros do Bem, ONG NGVA, Orfanato Renascer, Projeto Arte de Amar, Projeto Meu Guri, Sociedade Beneficente Raiz, Somos Noéis, SOS Bombeiros, SOS Fraterno Irmã Dulce, Tabernáculo de Adoração e Lar São Francisco de Assis.

A Prefeitura participou da ação por meio do Fundo Social de Solidariedade, Coordenadoria de Segurança Alimentar através do Banco de Alimentos, Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular, Secretaria de Comunicação, em uma parceria com a Câmara Municipal e a sociedade civil. 

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias