sábado, 15, junho, 2024

Filipe Catto canta Gal Costa no Sesc Araraquara 

“Belezas são coisas acesas por dentro”, show em homenagem à cantora baiana, acontece no dia 22/6, às 20h, no teatro do Sesc Araraquara

Mais lido

“Catto reacende a chama transgressora de Gal Costa em álbum movido pela energia do rock”. Foi assim que o renomado crítico musical Mauro Ferreira definiu “Belezas são Coisas Acesas por Dentro”, projeto que estreou como espetáculo em 2023 e depois ganhou registro em estúdio. 

O disco apresenta uma seleção de 10 faixas e narra uma jornada de amor, dor e glória que dialoga diretamente com o processo de afirmação de gênero vivenciado por Catto – que se identifica como uma pessoa não binária. 

O trabalho ocupou o topo da lista de álbuns mais vendidos no iTunes Brasil nas primeiras 24 horas após o lançamento, foi eleito destaque musical de 2023 no Prêmio Arcanjo de Cultura, e teve a faixa “Negro Amor” figurando por nove semanas consecutivas no Top 10 MPB da Crowley, o ranking oficial que mede as músicas mais executadas nas rádios do país.  

No palco, Catto, que co-assina a produção musical, e o power trio formado por Fábio Pinczowski (guitarra e direção musical), Gabriel Mayall (baixo) e Michelle Abu (bateria) extrapolam a seleção de faixas do álbum para promover uma celebração do repertório de Gal sem cair em clichês, resgatando canções clássicas e outras lançadas nos últimos anos de vida da cantora baiana. 

Com cerca de 90 minutos, o espetáculo conta com roteiro assinado pela própria Catto e reúne sucessos como “Tigresa”, “Vaca Profana”, “Chuva de Prata” e “Nada Mais”, além de pérolas recentes como “Recanto Escuro” e “Jabitacá”.   

Catto é cantora, compositora, instrumentista, produtora musical, designer e diretora audiovisual. Ao longo de seus 15 anos de carreira, a gaúcha radicada em São Paulo lançou sete registros em estúdio, entre álbuns, EP’s e discos ao vivo, além de colaborações com outros artistas. É considerada uma das maiores vozes da música brasileira e já cantou com ícones como Ana Carolina, Maria Bethânia, Marina Lima, Ney Matogrosso e Zélia Duncan. A artista também teve suas músicas nas trilhas sonoras de novelas como Cordel Encantado (Saga), Sangue Bom (Quem é Você), Saramandaia (Adoração) e Joia Rara (Flor da Idade). 

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias