quinta-feira, 29, fevereiro, 2024

Levantamento da Secretaria de Segurança Pública revela queda da criminalidade em Araraquara

Comparando ocorrências de roubo, furto, estupro, homicídio doloso e tentativa de homicídio, de janeiro a outubro de 2022 e de 2023, redução chega a 30% no caso dos roubos

Mais lido

Levantamento da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo revela redução da criminalidade no Município de Araraquara em 2023, quando comparado com números de 2022.

Os dados apontados pela SSP-SP, órgão responsável pela administração das polícias civil e militar em todo o estado paulista, comparam 2023 e 2022 até o mês de outubro e mostram queda nos registros de roubos, em 30%; redução no número de estupros, em 16,6%; homicídio doloso, em 11%, e furto, em 5%.

Avaliando a maior redução, que foi o crime de roubo, foram registrados 281 até outubro de 2022 e 197, até outubro de 2023. No caso de estupros registrados pela PM e Polícia Civil, sempre no mesmo período, foram 78 no ano passado, ante 65 neste ano; homicídios dolosos e tentativas de homicídio, foram 24 nos primeiros 10 meses de 2022 e 23 no mesmo período deste ano e, os furtos, com 2.641 até outubro de 2022 e 2.507 até outubro deste ano.

Na avaliação do Coronel João Alberto Nogueira Júnior, secretário municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, os números refletem o trabalho das polícias militar e civil, e também o esforço que o município tem feito para apoiar nas ações que coíbem os atos criminais.

Ele ressalta a integração que envolve o trabalho da segurança pública de Araraquara. “Nosso serviço de inteligência da Guarda Civil Municipal há anos trabalha integrada às polícias militar e civil, colaborando com as câmeras de vídeo monitoramento, com excelentes resultados. E investimentos mais nessa parceria bem-sucedida, com a inauguração do novo Centro de Operações e Inteligência, que está em pleno funcionamento”, destacou o secretário municipal, se referindo à implantação do projeto que substituiu as câmeras situacionais e de contexto que operavam nas ruas, por câmeras de inteligência artificial, passando de 38 para 140 câmeras em toda a cidade. Também integrou esse projeto, a modernização da central de videomonitoramento instalada na sede da Guarda Civil Municipal (GCM), renomeada como Centro de Operações e Inteligência (COI), além da instalação de totens de comunicação e monitoramento em pontos estratégicos.

Este investimento, na ordem de R$ 1.8 milhão, intensificou o controle e o monitoramento das vias públicas, em áreas com grande circulação de pessoas e centros comerciais, e, em especial, as principais entradas e saídas do município.

O novo sistema de videomonitoramento de Araraquara tem armazenamento de imagens em nuvem, localmente e em NVR, permitindo o arquivamento de imagens pelo tempo necessário, conforme os prazos estabelecidos em lei. Dois destes equipamentos de inteligência artificial foram instalados no viaduto da Avenida Barroso. São câmeras de videomonitoramento de alta tecnologia, 360 graus, que possibilitam a operação do COI. Elas possuem alcance de cerca de 5 quilômetro de cobertura, garantindo a captura de imagens da Via Expressa e também do viaduto da Duque de Caxias.

“É um esforço contínuo da segurança pública municipal que vem se mostrando eficiente nos últimos anos. Prova disso, além da queda da criminalidade atestada pela Secretaria de Segurança Pública, foi o destaque dado a Araraquara no Anuário 2023 Cidades Mais Seguras do Brasil, que avalia as regiões mais seguras para se viver no país. O indicativo colocou Araraquara na segunda posição do ranking das cidades mais seguras do País com população entre 200 mil e 500 mil habitantes e em 7º lugar no ranking geral do Brasil”, aponta o Coronel João Alberto, reforçando que estes investimentos feitos ao longo dos últimos anos e a atuação integrada das polícias Militar, Civil e Federal com a Guarda Civil Municipal, assim como as políticas públicas desenvolvidas nas áreas social, educação, lazer, cultura, formam o ciclo de segurança pública na prevenção primária e secundária que tem feito nosso município alcançar excelente resultado no setor de segurança.

“A tendência é de que estes números da criminalidade na nossa cidade continuem caindo. Esperamos fechar o ano com esses dados comparativos ainda mais positivos”, concluiu Coronel João Alberto Nogueira Júnior, secretário municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública.

Os números mensais de ocorrências criminais por município estão no site da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (https://www.ssp.sp.gov.br/estatistica)

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias