sexta-feira, 1, março, 2024

Parque Infantil recebe Campanha de Adoção de Animais “Edição Especial Filhotes” neste sábado

Aproximadamente 600 animais estão disponíveis para adoção

Mais lido

Neste sábado (20), o Centro de Adoção Permanente Cão Gabriel, localizado no Parque Infantil, recebe uma edição especial de filhotes da Campanha de Adoção de Animais. A ação, que acontecerá das 9h30 às 13h, é realizada pela Prefeitura Municipal de Araraquara por meio da Coordenadoria de Bem-Estar Animal da Chefia de Gabinete, e conta com cães e gatos, adultos e filhotes, também tem o objetivo de promover e alertar para a adoção responsável.

No momento, aproximadamente 600 animais estão disponíveis para adoção, aguardando uma chance de ter um espaço onde possam receber e também doar amor e carinho.

O Centro de Adoção Permanente “Cão Gabriel” está localizado no Parque Infantil, que fica na Av. São Geraldo, s/nº, entre as Ruas 3 e 4, no Centro da cidade.

Ação permanente

As Campanhas de Adoção de Animais já se tornaram tradicionais em Araraquara, mas é importante frisar que a adoção não é feita somente nessas ações. Os interessados em adotar um bichinho de estimação podem se dirigir diretamente aos abrigos onde ficam os cães e gatos disponíveis para adoção na cidade.

A Coordenadoria de Bem-estar Animal tem sua sede no Parque do Pinheirinho e atende de segunda a sexta-feira, das 7h às 14h, enquanto o Canil Siciliano fica na Av. Antônio Orlando, 541, Jardim Brasília, e tem seu atendimento realizado de segunda a sexta, das 8h às 11h e das 13h às 16h30. Quem preferir agendar a visita pode entrar em contato pelo Whatsapp do canil, que é o 98877-7604.

Como adotar

Para adotar um animalzinho, o interessado deve ser maior de 18 anos e levar documentos pessoais, assim como comprovante de endereço. No caso da adoção de gatos é necessário levar caixa de transporte, já para cachorros é essencial portar coleira e guia.

Para esta campanha, será levada uma pequena parte do total de animais, com todos saudáveis, castrados e vacinados. Os interessados devem ter alguns cuidados e a consciência de que o animal vive em média 15 anos e, sendo assim, em algum momento da vida necessitará de cuidados médicos veterinários. Entre os cuidados destacam-se: ter abrigo, alimentação adequada e manutenção da vacina anual para proteção de doenças infectocontagiosas que os animais possam vir a ter.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias