quarta-feira, 17, julho, 2024

Sábado e domingo tem Feira de Culturas Indígenas na Pedro de Toledo

Evento chega à sua terceira edição com uma programação diversificada. O Museu Histórico e Pedagógico Voluntários da Pátria estará aberto para visitação, das 10h às 14h

Mais lido

Araraquara recebe nesta sábado e domingo, 06 e 07 de julho, a 3ª Feira de Culturas Indígenas, que tem o objetivo de dar visibilidade à sociodiversidade indígena de forma interativa, mostrando diferentes expressões e produções dos povos participantes. A feira será realizada das 9 às 18 horas, na Praça Pedro de Toledo, com programação gratuita.

O evento é uma realização da Fundação Araporã de Araraquara, em parceria com a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Fundart, Secretaria Municipal de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo e Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Participação Popular, e apoio do Instituto Estre Ambiental, PlantArt e Sesc Araraquara.

Inserida no calendário oficial de eventos do município por meio de lei nº 193/2023, de autoria dos vereadores Fabi Virgílio, Alcindo Sabino e Guilherme Bianco, a Feira de Culturas Indígenas de Araraquara chega à sua terceira edição com uma programação diversificada, incluindo atividades culturais realizadas por indígenas de diversas etnias, além de rodas de conversas temáticas, exposições artísticas e de artesanatos indígenas.

De acordo com Robson Rodrigues, da Fundação Araporã, trata-se de um projeto itinerante, resultado da demanda dos povos indígenas, principalmente, em contextos urbanos, com objetivo de compartilhar saberes e conhecimentos de suas culturas, além de promover a sustentabilidade econômica de suas comunidades. Ao longo dos anos, a atividade vem se constituindo no maior evento que promove o diálogo das culturas indígenas com as populações urbanas do interior paulista. “Os participantes terão a oportunidade de ouvir e refletir sobre as histórias de um povo, conhecer o canto, o ritmo e as danças de outro, assim como a simbologia do grafismo e da pintura corporal”, declara Rodrigues.

Ainda segundo ele, estão confirmadas as participações de vários povos indígenas, entre eles representações dos povos Fulni-ô, Fulkaxó, Guarani Mbyá, Guarani Nhandeva, Kaimbé, Kaingang, Kariri-Xocó, Krenak, Mayuruna, Pankará, Pankararé, Pankararu, Pataxó, Pataxó Hã, Terena, Tupi-Guarani, Wassu Cocal, Maynã, Tariano, Waura, Kamaruara, Kuikuro, Arapiun, Tupinambá, Munduruku, Baré, Dessana.

Vale destacar que o Museu Histórico e Pedagógico Voluntários da Pátria estará aberto para visitação das 10h às 14h. A Praça Pedro de Toledo está localizada na Av. Portugal, entre as ruas Carlos Gomes e Itália (ruas 6 e 7), no Centro.

Programação

3ª Feira de Culturas Indígenas de Araraquara

Local: Praça Pedro de Toledo (Av. Portugal, entre as ruas Carlos Gomes e Itália / ruas 6 e 7 – Centro)

Horário: 9h às 18h

·         Sexta-Feira (05/07)

Recepção e acolhida das representações indígenas

·         Sábado (06/07)

9h – Abertura: Ritual – Toré realizado pelos Kariri-Xocó (Grupo Kaçafeita) e demais representantes dos diferentes povos indígenas presentes.

9h30 – Mesa Oficial de Abertura. Boas-Vindas!

Lideranças Indígenas e representações das instituições parceiras

10h – Roda de Conversa – A Realidade dos Povos Indígenas no Estado de São Paulo: visibilidade e protagonismo

Convidados (as): David Terena, Tamikuã Pataxó e Kayrrá Kariri-Xocó

Mediação: Robson Rodrigues (Fundação Araporã);

10h às 18h – Exposição e venda de artesanato

12h às 13h – Almoço

14h30 – Roda de Conversa: O protagonismo feminino indígena

Convidadas: Tamikuã Pataxó, Luana Isidoro Leite, Sol Terena

Mediação: Rosana Silva (Fundação Araporã)

16h – Apresentação Cultural Terena – Aldeia Ekeruá

18h – Encerramento do dia: Ritual – Toré realizado pelos Kariri-Xocó (Grupo Kaçafeita) e representantes dos diferentes povos indígenas presentes.

·         Domingo – (07/07)

9h – Abertura: Ritual – Toré realizado pelos Kariri-Xocó (Grupo Kaçafeita) e demais representantes dos diferentes povos indígenas presentes.

9h30 às 17h30 – Exposição e venda de artesanato

10h30 – Roda de Conversa: Histórias de Vida: A produção cerâmica na aldeia Icatú

Convidadas: Neusa Umbelino e Deolinda Pedro

Mediação: Robson Rodrigues (Fundação Araporã)

12h às 13h – Almoço

14h30 – Roda de Conversa: Juventude Indígena: novos desafios sociais e culturais

Convidados (as): Anderson Emanuel (etnia Tariano), Túlio Soares da Silva (etnia Dessana), Claudiana Lopes (etnia Baré)

Mediação: Rosana Silva (Fundação Araporã)

18h – Encerramento final e envio: Ritual – Toré realizado pelos Kariri-Xocó (Grupo Kaçafeita) e demais representantes dos diferentes povos indígenas presentes.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias