sexta-feira, 23, fevereiro, 2024

Secretaria da Educação define data para entrega de CER do Jardim Indaiá 

Iniciada em 2022, a manutenção contemplaria diversos serviços e recebeu R$ 1.996.214,33

Mais lido

Mesmo com a previsão de as obras do Centro de Educação e Recreação (CER) “Maria Apparecida de Azevedo Bozutti”, no Jardim Indaiá, estarem concluídas em maio deste ano, os alunos da unidade educacional continuam sendo atendidos no CER “Helle Nice Pinto Passos”, no Jardim São Rafael II, conforme apurou o vereador Rafael de Angeli (PSDB) em visita de fiscalização ao local no mês de outubro. 

“Após reclamações de pais e responsáveis, retornei à unidade para verificar a situação e pude constatar que o retorno para o prédio reformado ainda não aconteceu”, afirmou o parlamentar. 

Iniciada em 2022, a manutenção contemplaria diversos serviços e recebeu R$ 1.996.214,33, provenientes de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), mas não foi concluída no prazo informado pela Secretaria Municipal da Educação anteriormente. 

Em pouco mais de um ano de atividades naquele local – que deveria ser provisório –, as instalações se mostraram inadequadas para as 300 crianças atendidas no espaço disponível, já que inicialmente não contava nem com ventiladores e cortinas nas salas de aula, nem com toldos que pudessem proteger alunos e funcionários de sol, vento ou chuva durante atividades no pátio. 

Mesmo já tendo encontrado algumas melhorias desde sua última ida ao CER, Angeli enviou à Prefeitura novo requerimento, dessa vez pedindo informações sobre o que ainda faltava ser finalizado para que o antigo prédio tivesse seu uso liberado, assim como a data definitiva para o retorno das atividades no Jardim Indaiá. 

Em resposta, a secretária municipal da Educação, Clélia Mara dos Santos, informa que a obra de reforma e ampliação do CER “Maria Apparecida de Azevedo Bozutti”, de responsabilidade da construtora Increbase Engenharia e Administração Eirelle, foi finalizada. “No entanto, ainda há a necessidade de viabilização, por parte da CPFL, da ligação de uma nova entrada de energia para atendimento a todo o prédio ampliado. Estamos aguardando essa nova ligação”, detalhou. 

Segundo a chefe da pasta, ainda estão faltando a reforma dos brinquedos do parque de madeira, a realização de paisagismo e a aquisição de novos mobiliários e equipamentos que estão sendo providenciados. “O prazo estabelecido para a realização dos serviços necessários é dia 15 de dezembro”, pontuou. 

A secretária afirma que a escola será entregue oficialmente em dezembro e que o atendimento aos alunos voltará a acontecer no início do próximo ano letivo. 

“Essa obra se arrastou por tempo demais, e quem sofreu com isso foram as nossas crianças e os profissionais da educação, pois foram obrigados a estar em um ambiente que não estava 100% preparado para recebê-los. Esperamos que o prazo seja cumprido e que tudo volte à normalidade no próximo ano”, concluiu Angeli. 

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias