sexta-feira, 23, fevereiro, 2024

Semana do Xadrez terá sua primeira edição em fevereiro

Expectativa é que aproximadamente 500 jogadores de todas as idades, inclusive internacionais, participem da competição

Mais lido

Entre os dias 10 e 17 de fevereiro, acontece a primeira edição da Semana do Xadrez, criada pela Lei Municipal nº 10.933/2023, proposta pelo vereador Alcindo Sabino (PT), que inclui a atividade no Calendário Oficial de Eventos de Araraquara.

As disputas acontecerão em vários locais da cidade e a expectativa é que aproximadamente 500 jogadores de todas as idades, inclusive internacionais, participem da competição. O principal objetivo do evento é divulgar e incentivar a prática do xadrez. Nessa edição, será homenageada a enxadrista ucraniana naturalizada brasileira Taya Efremoff, bicampeã brasileira da modalidade, nos anos de 1958 e 1959. No dia 17, o Mestre Felipe El Debs jogará com 25 pessoas ao mesmo tempo.

Conforme coloca a lei, os recursos necessários para atender as despesas com sua execução serão obtidos mediante parcerias com empresas da iniciativa privada ou governamental, sem acarretar ônus para o Município.

Para o parlamentar autor do projeto de lei, a Semana do Xadrez em Araraquara representará um passo significativo para o desenvolvimento educacional, cultural e social da cidade. “Além de proporcionar benefícios tangíveis para crianças, jovens e idosos, também fomentará a cultura do xadrez como um esporte mental e promoverá a interação entre diferentes faixas etárias.”

Sabino destaca o sucesso do “Araraquara Chess Open” em 2023, que contou com 111 inscritos vindos de diferentes estados do país e até mesmo do exterior, evidenciando o interesse e a disposição da população em participar de eventos relacionados ao xadrez. “Temos todas as razões para acreditar que a introdução dessa celebração anual será uma contribuição valiosa para o futuro de nossa comunidade. Por meio da instituição da Semana do Xadrez, teremos a oportunidade de expandir e fortalecer a tradição de torneios de xadrez em Araraquara, atraindo competidores, espectadores e, consequentemente, movimentando nossa economia local.”

Sobre a homenageada

Naturalizada brasileira, Taya Efremoff nasceu na cidade de Carcóvia, na Ucrânia, em 28 de dezembro de 1904, falecendo em Araraquara no dia 22 de dezembro de 1991. A enxadrista é considerada uma das pioneiras no xadrez brasileiro, tendo sido a primeira mulher a atingir a condição de Mestre Nacional e Postalista de primeira hora. Em 1967, ela implementou na cidade o primeiro curso de xadrez escolar do Brasil.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias