quinta-feira, 29, fevereiro, 2024

42,3 mil devedores em Araraquara agora podem parcelar as taxas para cancelar protesto em Cartórios

Nova funcionalidade, disponível no site CENPROT-SP, permite ao cidadão que já pagou a dívida ao credor parcelar a taxa do cartório para cancelar o protesto em até 12 vezes no cartão de crédito

Mais lido

As 42,3 mil pessoas que já pagaram sua dívida com o credor, mas ainda não quitaram as taxas cartorárias e continuam com o nome sujo nos Cartórios de Protesto de Araraquara agora contam com uma nova opção para colocar em ordem sua vida financeira. Já está disponível o pagamento parcelado das taxas do cartório em até 12 vezes no cartão de crédito pelo site CENPROT-SP, sendo que o nome do devedor fica limpo em até cinco dias após o pagamento da primeira parcela, independentemente da quantidade de parcelas selecionadas.

A nova funcionalidade vem ao encontro da facilitação do cancelamento de modo online. Nos últimos cinco anos, a utilização da plataforma eletrônica CENPROT-SP para efetuar o cancelamento do protesto registrou um total de 47,2 mil atos. Até novembro deste ano, foram feitos 3.676 cancelamentos online. Os pedidos de certidões online também dispararam com aumento de 245,7%, passando de 1.011 há cinco anos para 3.495 no ano passado. Neste ano, foram solicitadas 2.255 certidões.

Para realizar o cancelamento do protesto pelo site, o devedor deve acessar o site CENPROT-SP e indicar o CPF ou CNPJ que deseja regularizar. Localizada a dívida e verificado se o cancelamento está liberado (é necessário que a dívida tenha sido quitada com o credor e este tenha dado a carta de anuência ou a anuência tenha sido feita pelo site), o cidadão deve inserir os dados do cartão, indicando a quantidade de parcelas que desejada e, em seguida, realizar o pagamento. O comprovante da operação será enviado no e-mail informado no ato do cancelamento.

“Esta é mais uma facilitação que agora é possível oferecer ao usuário, que muitas vezes tem a disposição de resolver seu problema financeiro, mas não dispõe do valor total para efetuar o pagamento das taxas para cancelamento”, destaca o presidente do Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil – Seção São Paulo (IEPTB/SP), José Carlos Alves. “A opção de pagar as taxas do cancelamento do protesto em até 12 vezes, de forma parcelada, certamente vai contribuir para que muitas pessoas possam limpar seu nome e recuperar o crédito junto às instituições financeiras”, completa.

O serviço de pagamento parcelado também está disponível para quem deseja solicitar certidões negativas ou positivas de protesto, necessárias para realizar diversos tipos de comprovações de regularidade financeira, seja para compra e venda de imóveis, financiamentos ou pedidos da rede bancária, ou também para localização de informações sobre determinada dívida que o usuário não tem conhecimento.

Sobre os Cartórios de Protesto

Presentes em todo Estado de São Paulo, os 420 Cartórios de Protesto dão uma contribuição fundamental para a economia do País, garantindo e protegendo os direitos e deveres dos consumidores e das empresas e recuperando créditos para os setores público e privado. Os cartórios são criados e regulados por lei, fiscalizados pelo Poder Judiciário, sendo um braço auxiliar da Justiça. A Central do Protesto reúne os serviços digitais de todos os cartórios de protesto do Estado. Acesse a CENPROT-SP e saiba mais.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias