quinta-feira, 18, abril, 2024

Abril Laranja conscientiza para o combate à crueldade animal

Em caso de agressão ou animal submetido a sofrimento, é preciso acionar a Polícia Militar imediatamente pelo número 190

Mais lido

Abril Laranja é o nome que se dá ao mês em que se busca a conscientização das pessoas sobre maus tratos praticados contra os animais. A campanha foi instituída em 2006 pela Sociedade Americana para Prevenção da Crueldade contra os Animais, que foi fundada em abril e por essa razão, foi escolhido esse mês para a mobilização. Apesar de ter começado despretensiosamente, a data ganhou repercussão internacional e vários países abraçaram a causa, inclusive o Brasil.

A coordenadora de Bem-Estar Animal da Prefeitura, Carol Mattos Galvão, afirma que o Abril Laranja deixa a mensagem de que a crueldade animal não pode ser tolerada em nenhuma hipótese. “Embora o combate à crueldade deva ser exercido todos os dias e meses do ano, o mês de abril serve para reforçar que, assim como a vida humana, a vida dos animais também deve ser preservada. Ou seja, qualquer ato de violência ou crueldade contra os animais não deve ser tolerado”, explica.

No Brasil, os maus tratos contra os animais é crime previsto em lei. A pena pode chegar a até cinco anos de prisão e pagamento de multa. Quem comete crueldade contra os animais pode ser preso em flagrante pela autoridade policial. “A pena pode chegar a até cinco anos de prisão e pagamento de multa. Quem comete crueldade contra os animais pode ser preso em flagrante pela autoridade policial. A campanha também alerta as pessoas para não se omitirem quando presenciarem algum caso de abandono, crueldade ou maus tratos animais, e buscarem ajuda”, comenta.

Em Araraquara, para denúncias de maus-tratos e abandonos de animais, o telefone da Ouvidoria Animal é o (16) 3301-3130, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30. O serviço também funciona em esquema de plantão, para casos de emergência, das 16h30 às 7h30, inclusive 24 horas por dia aos finais de semana e feriados, por meio de ligações diretamente ao fiscal de plantão, no telefone (16) 99993-8232. O plantão serve para animais atropelados ou agônicos que precisem de um atendimento imediato.

Em caso de agressão ou animal submetido a sofrimento, é preciso acionar a Polícia Militar imediatamente pelo número 190. Casos de animais que estejam em altura, buraco ou local de difícil acesso, a recomendação é para acionar o corpo de Bombeiros pelo 193.

As ocorrências que envolvam animais silvestres devem ser relatadas à Secretaria Municipal de Meio Ambiente pelo número (16) 3339-5000. Já os casos que envolvam animais peçonhentos devem ser direcionados ao Controle de Fauna Sinantrópica (CCFS) pelo telefone (16) 3331-3820. O atendimento é feito das 7h30 às 12h e das 13h às 16h30. Para outras informações, o telefone da Coordenadoria de Bem-Estar Animal é o (16) 3339-4441 e o e-mail é [email protected].

Foto: Arquivo

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias