sábado, 15, junho, 2024

Ciclistas realizam mobilização pela paz no trânsito

Ação será realizada pela ONG Bikers Araraquara, com apoio da Prefeitura Municipal

Mais lido

Neste sábado (25), das 9h às 11h, a ONG Bikers Araraquara, com apoio da Prefeitura Municipal, realizará uma mobilização pela paz no trânsito. A ação ocorrerá na Avenida Bento de Abreu, esquina com a Rua Gonçalves Dias (Rua 1), tanto no sentido bairro-Centro quanto no sentido Centro-bairro, e contará com faixas, distribuição de panfletos e adesivagem nos veículos.

A ação foi motivada pela morte do ciclista Diego Henrique Correa da Silva, de 41 anos, que faleceu no último dia 23 de abril, quando foi atropelado um veículo na estrada vicinal Francisco José Zanin, que dá acesso à Rodovia Washington Luís (SP-310), próximo à antiga Usina Zanin. O motorista que causou o acidente fugiu sem prestar socorro à vítima. O caso foi registrado como homicídio culposo (sem intenção de matar) na direção de veículo automotor, e é investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

A mobilização também integra a programação do “Maio Amarelo”, movimento que busca chamar a atenção da sociedade para esse tema. Uma outra ação, denominada “A paz no trânsito começa por você”, promovida pela Prefeitura, também visa orientar, prevenir e alertar as pessoas sobre a importância da prevenção de acidentes fatais e acidentes com sequelas graves no trânsito. Com esse propósito, a Companhia Anjos do Trânsito marca presença em diversos cruzamentos da cidade, durante esta semana, para realizar uma abordagem lúdica e teatral a fim de alertar para as medidas que devem ser adotadas por motoristas, ciclistas e pedestres. Neste sábado (25), a campanha será apresentada das 10h às 13h no Parque Infantil.

Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo é mundial e teve início em 2011, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. A campanha usa a cor amarela em referência ao sinal de advertência no semáforo, que simboliza a atenção necessária para a causa.

Trata-se de uma ação coordenada entre o poder público e a sociedade civil. Sua proposta é colocar em pauta o tema da segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias