quinta-feira, 18, abril, 2024

Dengue: Prefeitura realiza ações educativas no Cruzeiro do Sul, Laranjeiras e Parque São Paulo

Equipe de IEC (Instruindo, Educando e Comunicando) do Controle de Vetores da Vigilância Epidemiológica realiza trabalho intenso de conscientização pela cidade

Mais lido

A equipe de IEC (Instruindo, Educando e Comunicando) do Controle de Vetores da Vigilância Epidemiológica, órgão que integra a Secretaria Municipal de Saúde, comandará ações educativas nesta sexta-feira (8) e no domingo (10). As atividades visam levar conscientização sobre os riscos do mosquito Aedes aegypti.

Nesta sexta-feira (8), das 8h às 13h, o grupo estará na ESF Cruzeiro do Sul “Farmacêutico Cristovão Colombo” (Av. Celso Pereira Barbosa, 654, Jardim Cruzeiro do Sul), que receberá o evento “Saúde da Mulher”. No mesmo dia, das 16h às 21h, a ação educativa será realizada na “Feira da Boa Vizinhança”, que acontecerá na Praça “Alexandra Haddad Fakhouri”, no Parque das Laranjeiras.

No domingo (10), das 10h às 13h, a equipe de IEC estará no “Ruas de Lazer”, projeto integrante do programa “Prefeitura nos Bairros”, que será realizado na Área de Lazer “Guiomar Maria dos Santos”, no Parque Residencial São Paulo. Com entrada gratuita, o evento oferece ainda diversas atrações para as crianças, como piscina de bolinhas, cama elástica, algodão doce, pipoca e atividades recreativas e esportivas com os monitores de educação física das Escolinhas de Esportes. Para os adultos, serão oferecidas aulas de yoga e ritmos com os professores do programa Saúde na Praça, além de apresentação de orquestra de violões das Oficinas Culturais.

Durante a próxima semana, também serão realizadas ações de conscientização em algumas empresas como parte da programação da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (Sipat). “Todas as ações contarão com stand com material educativo, atividades recreativas para crianças, entre outras atividades.O intuito é levar informações de como eliminar criadouros e como se proteger do mosquito transmissor da dengue, chikungunya, zika e outras arboviroses”, explicou a supervisora epidemiológica Juliana Catarina Orizo, da Gerência de Controle de Vetores da Vigilância em Saúde.

O Controle de Vetores segue com a rotina de trabalho e intensificação nos bairros através de bloqueios (quando tem caso confirmado), equipe de cooperados acompanhando os agentes e retirando materiais inservíveis e outros que possam acumular água, além de equipe de nebulização, equipe fazendo vistorias em imóveis desocupados, imóveis especiais como escolas creches e outros estabelecimentos com grande circulação de pessoas. Também são feitas vistorias com menos tempo de intervalos em imóveis com grande acúmulo de sucatas. “O momento é de atenção redobrada. Não podemos vacilar e deixar água parada. É muito importante que as pessoas tirem dez minutos na semana e que façam a sua parte, pois a responsabilidade é de todos nós”, acrescentou Juliana.

Além de cuidar da própria casa, o munícipe também pode identificar imóveis e outros locais problemáticos e avisar para o Controle de Vetores e a Ouvidoria da Vigilância em Saúde, por meio dos telefones (16) 3303-3115, (16) 3303-3104 e 0800-774-0440.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias