quinta-feira, 18, julho, 2024

Nova sede do Centro de Referência do Idoso está na fase final

O investimento é de R$ 2,8 milhões e contempla demanda do Orçamento Participativo (OP) eleita em plenária Temática dos Idosos

Mais lido

Com revestimentos de azulejos, instalações da rede de energia e de internet, pintura e assentamentos de esquadrias com vidros blindex, a obra de nova sede para o Centro de Referência do Idoso (Cria) “José Quitério”, na Rua Hélio Morganti, no bairro Quitandinha, zona oeste de Araraquara, avança nesta reta final.

Nesta quarta-feira (3) prosseguiram os serviços de revestimentos de pisos e paredes e instalações de forro nos sanitários, consultórios, salas administrativas e ginásio. Na área externa, ocorre o plantio de grama e assentamento de pisos intertravados.

Constam na planilha de serviços concluídos: a cobertura do prédio com telhas termoacústicas, os reservatórios de água – sendo uma caixa elevada para 20 mil litros e duas cisternas subterrâneas de 5 mil litros cada – a marquise e o passeio público frontal e as instalações de drywall nos ambientes de atendimento.

Vale acrescentar que o prefeito Edinho assinou a ordem de serviço dessa obra em junho do ano passado. Em seguida, o terreno foi nivelado para edificação dos baldrames com 101 brocas concretadas. Essa sede está localizada ao lado do novo Centro de Especialidades Médicas (NGA3), na área do antigo Cepar (Centro de Educação Profissionalizante de Araraquara).

Ao todo, a nova sede terá 1.200 metros quadrados e abrigará salas de atendimento, almoxarifado, consultórios médicos e de enfermagem, banheiros, vestiários, copa, refeitório, salas administrativas e de reunião. E na área externa, haverá espaço de convivência.

O investimento é de R$ 2,8 milhões e contempla demanda do Orçamento Participativo (OP) eleita em plenária Temática dos Idosos.

Três décadas

Vale reforçar que a atual sede do Cria funciona na Rua Itália, 1009, entre as avenidas Sete de Setembro e Djalma Dutra, no bairro São José. O espaço atende idosos encaminhados pela rede pública de saúde e conta com 14 funcionários e 12 mil pacientes cadastrados. O equipamento foi criado em 1993, portanto são 30 anos de atividades.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias