quarta-feira, 29, maio, 2024

Novos membros do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais são empossados

Solenidade foi realizada na noite desta quinta (4) na Sala de Reuniões da Prefeitura de Araraquara

Mais lido

Na noite desta quinta-feira (4), a Sala de Reuniões da Prefeitura de Araraquara (Rua São Bento, 840, 6º andar, Centro) sediou a cerimônia de posse dos novos membros do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais.

A secretária de Saúde, Eliana Honain, que representou o prefeito Edinho no ato, falou sobre a importância do conselho. “A causa animal me emociona muito. Os membros de mais este importante conselho terão um grande desafio pela frente: ajudar o poder público na elaboração de estratégias para solucionar os problemas de maus-tratos, abandono e garantir o bem-estar dos nossos animais. Para isso, contem com meu trabalho e dedicação. Desejo sucesso aos novos membros empossados”, comentou.

A coordenadora de Bem-estar Animal, Carol Mattos Galvão, também enalteceu o papel do conselho na elaboração de ações em prol da causa. “Com a posse dos novos conselheiros será possível retomar a construção e melhora das políticas públicas da proteção animal. A participação popular é muito importante nessa construção”, frisou.

Com caráter consultivo, o conselho é uma importante ferramenta para propor diretrizes, participar junto ao poder público e fiscalizar as execuções de políticas públicas de proteção e defesa dos animais. O conselho foi criado para orientar e decidir sobre várias questões que envolvem o bem-estar animal, como maus tratos, abandono, multas a quem praticar crimes contra os animais, além de outras ações de defesa e garantias dos direitos dos animais. 

É composto por 28 representantes, divididos em membros do poder público municipal e da sociedade civil organizada. O mandato tem duração de dois anos, ou seja, os novos membros cumprirão a gestão de 2024 a 2026.
Também participaram da solenidade a vereadora Luna Meyer (MDB), que representou a Câmara Municipal de Araraquara; o secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Marcelo Mazeta; e a coordenadora executiva de Participação Popular, Nathalia Mauricio Rigolin.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias