quinta-feira, 18, julho, 2024

Ordem de Serviço para reforma do CMSC do Selmi Dei é assinada

Reforma integra pacote de 24 obras que serão custeadas pelo Governo Federal na área da Saúde em Araraquara

Mais lido

O prefeito Edinho assinou nesta segunda-feira (24) a Ordem de Serviço para início das obras de reforma do Centro Municipal de Saúde Comunitária (CMSC) “Dr. Herculano Graeff”, que fica na Avenida Olímpio Bolsan, 90, Jardim Roberto Selmi Dei IV. A solenidade foi realizada na própria unidade de saúde.

Com o investimento de R$ 871,8 mil, a reforma faz parte de um pacote de 24 obras na área da Saúde em Araraquara, que serão custeadas pelo Governo Federal por meio do Ministério da Saúde, com recursos que somam mais de R$ 39 milhões. 

O CMSC do Selmi Dei atende uma população de aproximadamente 14.250 pessoas, residentes no Conjunto Residencial Anunciata Palmira Barbieri, Conjunto Residencial Maria Helena Barbieri, Conjunto Residencial Romilda Taparelli Barbieri e Jardim Roberto Selmi Dei (setores 3, 4, 5 e 6).

O prefeito Edinho falou sobre a importância dessa obra para a comunidade. “Nós trabalhamos muito para conseguir os recursos necessários para ampliar essa unidade. A grande região do Selmi Dei, se pegarmos do São Rafael até o Ibirás, é uma região muito populosa, de 52 mil pessoas. Então, precisamos investir muito mesmo, trazer equipamentos públicos para melhorar cada vez mais a qualidade de vida da nossa população. Estamos trabalhando para dar as condições adequadas para nossas equipes, que são equipes excepcionais, trabalhadoras e trabalhadores dedicados na construção do SUS, o que nos dá muito orgulho. A população do Selmi Dei merece, os trabalhadores e trabalhadoras da saúde merecem. Nós vamos continuar trabalhando muito para que a saúde de Araraquara seja cada vez melhor. O compromisso da Prefeitura de Araraquara é construir um SUS forte, que atenda a população com qualidade”, frisou.

O presidente da Câmara Municipal de Araraquara, Paulo Landim (PT) exaltou o comprometimento do Município com a Saúde. “É sempre bom reafirmar que saúde pública é uma prioridade desta administração do nosso governo. A melhoria das unidades de saúde, como vem acontecendo na cidade toda, é essencial para um atendimento mais humanizado aos usuários”, salientou.

A secretária municipal de Saúde, Juliana Lujan, também valorizou a obra. “Essa unidade é muito importante, assim como devemos destacar a importância das unidades de saúde para o Sistema Único de Saúde, para aquele conceito maior de saúde, que é a qualidade de vida e integração com outras políticas. Tudo isso começa a acontecer na Unidade Básica de Saúde”, comentou.

A obra na unidade de saúde envolve reforma e adequações gerais, mantendo as características arquitetônicas originais; a farmácia será transferida para onde hoje funciona a sala de estabilização a fim de facilitar o acesso da população que não necessitará adentrar a unidade para retirada de medicamentos; extensão do balcão de atendimento; expansão da área de estacionamento para melhor disposição dos veículos e vagas de uso aos funcionários; recuperação de fissuras; remoção e substituição de pisos e azulejos; retirada e substituição de esquadrias (portas e janelas);substituição das luminárias; retirada e instalação de forro gesso cartonado; adequações de acessibilidade; pinturas Internas e externas; calçamento externo; infraestrutura para aparelhos de ar condicionado; manutenção da cobertura, calhas e rufos existentes; e podas das árvores.

As outras unidades que integram o pacote são as reformas da UPA Central, UPA da Vila Xavier, UPA do Valle Verde, Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), CMSC do Jardim Paulistano, USF da Vila Biagioni, CMSC do Cecap, USF do Adalberto Roxo, USF do Jardim Brasília, CMSC do Santa Angelina, USF do Jardim Marivan, CMS do Iguatemi, USF do Vale do Sol, USF do Assentamento Bela Vista, USF do Jardim Santa Lúcia II, UBS do Hortências, CMS do Jardim América e USF Indaiá/São Rafael, além das ampliações da USF do Jardim Paraíso e do USF Assentamento Monte Alegre, e das construções do CAPS II, CAPS AD, UBS do Santana e USF do Ibirás.

Também estiveram presentes na solenidade a deputada estadual Thainara Faria (PT); a secretária de Desenvolvimento Urbano, Sálua Kairuz Poleto; a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Barbosa; o secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Marcelo Mazeta; o chefe de gabinete, Renato Ribeiro; a diretora executiva da Fungota, Lúcia Ortiz; a ouvidora geral do Município, Fernanda Fegadolli Nascimento; a superintendente do Daae, Ada Salmazo; Matheus Henrique Hidalgo, que representou a Pólo Engenharia e Empreendimentos LTDA, empresa responsável pela obra; e a enfermeira Nelice da Costa Goulart Venâncio, que representou os funcionários e usuários da unidade de saúde.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias