sexta-feira, 1, março, 2024

Prefeitura dá início à programação do “Novembro Negro” 2023

Agenda terá início neste sábado (4), com diversas atrações na Casa SP Afro Brasil “Oswaldo da Silva Bogé”

Mais lido

“Até onde vai o seu racismo?”. Essa questão é o tema da edição 2023 do “Novembro Negro”, programação desenvolvida em alusão ao Mês da Consciência Negra e promovida pela Prefeitura de Araraquara por meio da Coordenadoria Municipal de Políticas Étnico-Raciais com o objetivo de despertar para reflexão e envolver a população em geral para uma ação prática e efetiva, seja através do impacto visual, do estímulo à conscientização coletiva, mas principalmente para a valorização da identidade e da cultura afro-brasileira.

A coordenadora de Políticas Étnico-Raciais, Alessandra Laurindo, falou sobre o tema da programação. “A provocação no tema é justamente para que as pessoas possam parar, refletir e se assumirem enquanto racistas, pois só assim poderão desconstruir suas atitudes que muitas vezes passam despercebidas no cotidiano e só assim, farão um exercício para que o racismo não vá a lugar nenhum. Durante todo o ano, foram realizados letramento racial em diversas instituições e uma das perguntas realizadas foi: você é racista? E ninguém se assumiu como tal, porém as denúncias de racismo continuam acontecendo, inclusive vinda desses espaços que negam a existência dele. Então provocar é também despertar a reflexão e mudanças de atitude, para que possamos caminhar numa sociedade menos excludente, onde em especial as pessoas que são privilegiadas pela cor da pele não façam discursos de ódio que menosprezem a luta negra”, explicou.

A programação do “Novembro Negro” em Araraquara vai até o dia 2 de dezembro com uma ampla agenda de atividades que envolve ainda

 apresentações musicais e artísticas, exposições, inauguração do Centro de Cultura das Religiões de Matrizes Africanas, exibições comentadas de documentários, comemoração do Dia da Umbanda, atividades de letramento racial, Ciclo de Formação Aquilombamento Aqualtune, Prêmio Zumbi dos Palmares na Câmara Municipal, foto na Escadaria Antirracista da Câmara Municipal e a Marcha da Consciência Negra.
A programação terá sua abertura oficial realizada neste sábado (4) na Casa SP Afro Brasil “Oswaldo da Silva Bogé”, que fica na Av. Paulo da Silveira Ferraz, 1195, Vila Xavier. Às 16h terá início a Feiraxé, feira cultural com o objetivo de fomentar o afro-empreendedorismo. Às 17h30, será apresentada a exposição “Desconstruindo preconceitos: dos orixás africanos à umbanda brasileira”. Às 18h10, será realizada uma roda de conversa com o escritor Valmir Saldanha, autor do livro “In.cor.rentes”, que traz a temática da identidade negra e subjetividade. Ainda no sábado, às 19h30, será feito o lançamento da coletânea “África presente”, do Prof. Dagoberto José Fonseca. Às 20h30, o público presente vai acompanhar uma apresentação do Mestre Irá e às 21h30 será a vez do som do grupo Batuqueiros de Aruanda. A agenda da abertura conta com a parceria da Festa Literária da Morada do Sol (FliSol), grupo Mulheres Empreendedoras de Araraquara (Mea), Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde (Renafro) Núcleo Araraquara e AgrupAxé.

A programação será divulgada semanalmente. Confira abaixo as próximas atrações:

PROGRAMAÇÃO NOVEMBRO NEGRO 2023
Tema: Até onde vai o seu racismo?

4 de novembro, sábado

Abertura Oficial do Mês
16h – Feira Axé
17h30 – Exposição: “Desconstruindo Preconceitos, Dos Orixás Africanos à Umbanda Brasileira” Curadores Família Valério
18h10 – Roda de Conversa com o autor Valmir Saldanha, com o livro “In.cor.rentes” Poesia social. Temática: identidade negra e subjetividade
19h30 – Lançamento “Coleção África Presente”-Prof. Dagoberto José Fonseca
20h30 – Apresentação Mestre Irá
21h30 – Batuqueiros de Aruanda
Local: Casa SP Afro Brasil “Oswaldo da Silva – Bogé”
(Parceria com a FliSol, Mea, Renafro e AgrupAxé)

7 de novembro, terça-feira

14h – Foto na Escadaria Antirracista da Câmara Municipal
Local: Câmara Municipal de Araraquara

20h – Exibição comentada do documentário Hip Hop: Do Bronxs ao Caic
Com Coletivo Bases. Mediação de José Lopes Nei. Livre. Grátis
Local: Teatro do Sesc (entrada gratuita)

11 de novembro, sábado

14h30 – Samba com Consciência: Cantos e Contos
(Grupo Jeito Simples e Multiartista Kizie de Paula)  
Local: Praça Santa Cruz
(Secretaria de Cultura e Fundart)

(As atividades seguintes serão divulgadas semanalmente no site www.araraquara.sp.gov.br e nas redes sociais da Prefeitura)

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias