sexta-feira, 23, fevereiro, 2024

Conta de água vai ficar mais cara a partir de março em Araraquara

Relatório da Agência Reguladora aponta um aumento de 3,88% na tarifa de água e 4,62% em outros serviços

Mais lido

O araraquarense deve pagar mais caro na sua conta de água a partir de março deste ano. É que um estudo da Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (ARES-PCJ) apontou a necessidade de um reajuste de 3,88% na tarifa de água e esgotos do Departamento Autônomo de Água e Esgotos de Araraquara (DAAE).

De acordo com o relatório da ARES-PCJ, ainda deve haver aumento de 4,62% nos demais serviços, além da revisão dos preços de serviços específicos.

O reajuste deve entrar em vigor 30 dias após a data de publicação da Resolução da Ares-PCJ, por isso, a nova tarifa já com o reajuste será praticada a partir do próximo mês de março.

Defasagem tarifária

A Agência fez a demonstração do relatório consolidado aos membros do Conselho Municipal de Saneamento Básico em reunião, realizada na última quarta-feira (24), com a presença da diretoria do DAAE. Aos presentes, foi demonstrada a defasagem tarifária frente aos índices inflacionários como: Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), entre outros.

Eficiência dos serviços

Outro destaque do relatório foi a eficiência dos serviços prestados pela autarquia. Segundo a pesquisa, a avaliação do serviço de coleta de resíduos obteve nota 9,2; regularidade do fornecimento de água 9,1; leitura e entrega correta da conta 9,1; qualidade da água 8,9 e coleta de esgoto 8,9, índices acima da média dos municípios regulados pela ARES-PCJ.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias