domingo, 25, fevereiro, 2024

Decoração antirracista estampa escadaria da Câmara Municipal

Pelo terceiro ano seguido, projeto integra a programação do Novembro Negro em Araraquara

Mais lido

Na tarde desta terça-feira (7), foi inaugurada a decoração antirracista  estampada na escadaria de entrada da Câmara Municipal de Araraquara. Lideranças negras da cidade tiraram uma foto em frente ao espaço, em uma ação que integra a programação do Novembro Negro, em alusão ao Mês da Consciência Negra. O projeto é realizado pela Prefeitura de Araraquara, através da Coordenadoria de Políticas Étnico-Raciais.

Com o tema “Até onde vai o seu racismo?”, a campanha deste ano tem o objetivo de despertar para reflexão e envolver a população em geral para uma ação prática e efetiva, seja através do impacto visual, do estímulo à conscientização coletiva, mas principalmente para a valorização da identidade e da cultura afro-brasileira.
A coordenadora de Políticas Étnico-Raciais, Alessandra Laurindo, falou sobre o propósito da escadaria. “É o terceiro ano que fazemos a escadaria antirracista. A foto é para demarcar bem o momento que iniciam as atividades do mês de novembro, junto com as lideranças negras da comunidade, que levarão a ideia e o compromisso de trazer mais pessoas para igualmente tirarem fotos e propagar essa escada. A proposta é que a população venha, tire muitas fotos e publiquem com a hashtag #novembronegroararaquara, para mostrar o simbolismo desse espaço na cidade, pois estamos falando de um ponto central, uma área importante, o parlamento, que é a casa do povo e também é a casa do povo preto. O simbolismo maior é esse, que podemos e temos que ocupar os principais espaços da cidade, e que o Novembro Negro reforce essa mensagem”, frisou.
A programação terá sequência ainda nesta terça-feira. Às 20h, o Teatro do Sesc Araraquara (Rua Castro Alves, 1315, Quitandinha) receberá a exibição comentada do documentário “Hip Hop: Do Bronxs ao Caic” com o Coletivo Bases. A mediação é do conselheiro tutelar José Lopes Nei. A classificação é livre e a entrada é gratuita.

A programação do “Novembro Negro” em Araraquara vai até o dia 2 de dezembro com uma ampla agenda de atividades que envolve ainda apresentações musicais e artísticas, exposições, inauguração do Centro de Cultura das Religiões de Matrizes Africanas, exibições comentadas de documentários, comemoração do Dia da Umbanda, atividades de letramento racial, Ciclo de Formação Aquilombamento Aqualtune, Prêmio Zumbi dos Palmares na Câmara Municipal, foto na Escadaria Antirracista da Câmara Municipal e a Marcha da Consciência Negra.

A programação teve sua abertura oficial realizada no último sábado (4) na Casa SP Afro Brasil “Oswaldo da Silva Bogé”, em um evento que contou com a Feiraxé, exposição “Desconstruindo preconceitos: dos orixás africanos à umbanda brasileira”, roda de conversa com o escritor Valmir Saldanha sobre o livro “In.cor.rentes”, lançamento da coletânea “África presente” do Prof. Dagoberto José Fonseca, além de apresentação do Mestre Irá e do grupo Batuqueiros de Aruanda.

A programação será divulgada semanalmente. Confira abaixo as próximas atrações:

PROGRAMAÇÃO NOVEMBRO NEGRO 2023
Tema: Até onde vai o seu racismo?

7 de novembro, terça-feira

20h – Exibição comentada do documentário Hip Hop: Do Bronxs ao Caic
Com Coletivo Bases. Mediação de José Lopes Nei. Livre. Grátis
Local: Teatro do Sesc (entrada gratuita)

11 de novembro, sábado

14h30 – Samba com Consciência: Cantos e Contos
(Grupo Jeito Simples e Multiartista Kizie de Paula)  
Local: Praça Santa Cruz
(Secretaria de Cultura e Fundart)

(As atividades seguintes serão divulgadas semanalmente no site www.araraquara.sp.gov.br e nas redes sociais da Prefeitura)

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias