domingo, 25, fevereiro, 2024

Mobilização no USF do Adalberto Roxo marca Dia D de Combate à Dengue neste sábado (18)

Haverá estande para orientações de combate ao Aedes, além da Carreta da Alegria, pipoca, algodão doce e brinquedos, vacinação e pesagem para o Bolsa Família

Mais lido

A Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realiza neste sábado (18) uma ação que vai marcar o Dia D ‘Dia Nacional de Combate à Dengue’, instituído pela Lei N° 12.235/2010 e comemorado no penúltimo sábado do mês de novembro.

Neste Dia D ‘Dia Nacional de Combate à Dengue’, será realizado um evento para toda a família, das 7h30 às 13h30, no estacionamento da USF ‘Dr. Antônio Carlos Pizzolitto’ Adalberto Roxo I.

Serão realizados passeios na Carreta da Alegria para chamar a população até o estacionamento da unidade de saúde, onde será montado o estande demonstrativo com ciclo do mosquito. Também estão programados teatro, distribuição de algodão e pipoca doce e muita brincadeira no pula-pula e tobogã, para atrair as crianças com as famílias.

Aproveitando a mobilização, as equipes de saúde estarão realizando vacinação – basta apresentação da caderneta de vacina para atualização – além de pesagem para o Bolsa Família.

As atividades Dia D ‘Dia Nacional de Combate à Dengue’ começaram a ser desenvolvidas no último dia 10 de novembro, com as equipes de Vigilância do Controle de Vetores intensificando os trabalhos de conscientização e de combate aos criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

Foi realizada carreata com a carreta da Alegria e concentração na Praça Santa Cruz, onde as equipes receberam as pessoas em estande demonstrativo com o ciclo do mosquito e panfletagem com informações sobre o combate à dengue no semáforo, além de faixas educativas. 

Essa panfletagem educativa permanece na região central da cidade, até o dia 18 de novembro, nos principais semáforos e em vários pontos.

As equipes de Vigilância do Controle de Vetores trabalham durante todo o ano, ininterruptamente, para vistoria de terrenos e quintais das residências, visando a eliminação de criadouros do Aedes. Porém, o trabalho dos agentes se torna ineficaz sem a participação da população

A prevenção do mosquito Aedes aegypti é uma responsabilidade de todos. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone da Ouvidoria da Vigilância Epidemiológica, que é o 0800-7740440, ou pelos telefones 3303-3115 ou 3303-3104.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias