sábado, 15, junho, 2024

Padre José Roberto Agostinho é homenageado pela Câmara

Honraria proposta pelo vereador Carlão do Joia (MDB) destaca trabalho do representante da Quase Paróquia Nossa Senhora da Candelária

Mais lido

Em solenidade realizada na noite da segunda-feira (20), o padre José Roberto Agostinho, da Quase Paróquia Nossa Senhora da Candelária, no Jardim Maria Luiza, recebeu o Diploma de Honra ao Mérito da Câmara Municipal. A honraria foi proposta pelo vereador Carlão do Joia (MDB) e celebra os 38 anos de sacerdócio do homenageado. Na mesma data, o pároco completou 68 anos de idade.

            “Ele é a luz de fé em nossa vida. Nosso grande guia espiritual e o coração da nossa comunidade. Sua companhia é uma benção que enriquece o nosso dia com sabedoria e paixão. Nesse dia, honramos o sacrifício e o amor que ele nos oferece com seu serviço à humanidade”, afirmou o parlamentar.

            Representando a Pastoral das Comunicações, Elaine Roncalho Olivi agradeceu o convite de participar da homenagem. “Ele não é só um bom pastor, mas um cidadão araraquarense que leva, através do Evangelho e do sacerdócio, a comunicação, a alegria, o valor à vida, os gestos de caridade. Isso tudo é digno de uma homenagem tão valorosa e que a nossa paróquia tem a alegria de estar recebendo.”  

            O homenageado agradeceu a lembrança e destacou sua atuação na cidade. “Que essa diplomação seja também um agradecimento a cada um pela dedicação, partilha e comunhão que realizaram conosco.”

Também participou da solenidade o padre assessor da Pastoral Carcerária, Bruno Sedenho.

Confira o evento na íntegra no Facebook e no YouTube da Câmara.

Sobre o homenageado

Padre José Roberto Agostinho é araraquarense, filho de Orlando Agostinho e Guiomar Bevilacqua Agostinho, irmão de Carmem, Jair e Ivani. Estudou nas escolas estaduais “João Manoel do Amaral” e Bento de Abreu (Ieba). Fez curso preparatório no Sesi e também estudou no antigo Ginásio Industrial, hoje Etec “Profª Anna de Oliveira Ferraz”. Realizou instrução no Tiro de Guerra TG 02-002 na turma de 1975. Trabalhou no banco Bradesco, de 1973 a 1976, e, posteriormente, na Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), até fevereiro de 1979.

Iniciou sua formação sacerdotal no Seminário Diocesano de São Carlos, em 1979, cursando na PUC-Campinas o Curso de Teologia. Em 29 de setembro de 1985, ocorreu sua Ordenação Diaconal na Paróquia Nossa Senhora das Graças, na Vila Ferroviária. E no dia 4 de janeiro de 1986, teve sua Ordenação Presbiteral na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Araraquara.

Padre José Agostinho passou por diversas comunidades na cidade: foi vigário paroquial na Paróquia Nossa Senhora das Graças; administrador paroquial da Quase Paróquia Sagrada Família (hoje Paróquia Sagrada Família); vigário paroquial e posteriormente pároco na Paróquia São José; vigário paroquial na Paróquia Nossa Senhora do Carmo; vigário paroquial na Paróquia São João Batista; e atualmente é administrador paroquial na Quase Paróquia Nossa Senhora da Candelária, desmembrada da Paróquia São João Batista, instalada no dia 16 de agosto de 2020.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias