segunda-feira, 27, maio, 2024

Pesquisadores estrangeiros da maior universidade alemã participam de workshop com brasileiros do Grupo de Astrofísica de Partículas do IFSC

Evento com apoio da FAPESP e da BAYLAT

Mais lido

De 08 a 12 de abril, o Grupo de Astrofísica de Partículas (APOEMA) do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) receberá quinze pesquisadores estrangeiros da Friedrich-Alexander-Universität (FAU), em Erlangen-Nürnberg. A universidade, localizada na Baviera, Alemanha, é uma das maiores instituições de pesquisa do país. Os grupos se unirão para realizar a edição brasileira do Workshop “High-energy astrophysics in the multi-messenger era”.

Durante o evento, os pesquisadores concluirão algumas colaborações iniciadas em 2023. A iniciativa visa reunir pesquisadores, professores e estudantes de pós-graduação de ambas as regiões para desenvolver projetos de pesquisa na área de astrofísica de altas energias multi-mensageira.

A proposta surgiu de uma chamada conjunta da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e da BAYLAT (agência Bavarian Academic Center for Latin America) para estabelecer acordos entre a Baviera e a América Latina.

O primeiro encontro ocorreu em maio de 2023, quando os brasileiros envolvidos no projeto trabalharam durante duas semanas no Erlangen Centre for Astroparticle Physics (ECAP Lab), na FAU. O workshop resultou em cinco projetos de pesquisa atualmente em andamento, os quais deverão ser transformados em artigos científicos ou publicações relevantes para as áreas de pesquisa.

Edição brasileira

Doze estudantes de doutorado e três docentes da FAU, juntamente com outros seis estudantes de doutorado de instituições do estado de São Paulo, se reunirão com os estudantes do IFSC-USP. Durante a semana, dez pesquisadores convidados farão apresentações sobre física de astropartículas de alta energia, astronomia multimensageira, instrumentação, análise de dados e divulgação científica, além de discutir as direções futuras do campo da astrofísica.

Para envolver os estudantes, os organizadores optaram por um formato diferenciado, visando promover a interação entre os pesquisadores e estimular a colaboração e a troca de ideias entre os participantes. Divididos em grupos, eles compartilharão experiências e aprendizados.

Além disso, o grupo também participará de atividades culturais na região central. Uma delas será a visita à Fazenda Conde do Pinhal. Essas experiências complementarão o encontro científico, proporcionando um ambiente enriquecedor para o intercâmbio de ideias e o fortalecimento dos laços entre os participantes.

O coordenador do Workshop no Brasil, professor do Instituto de Física e coordenador do Grupo de Astrofísica de Partículas do IFSC, Vitor de Souza, destaca a importância do evento como uma oportunidade única para se conectar com estudantes e pesquisadores de outros institutos nacionais e internacionais. Ele afirma: “O workshop adota um formato diferenciado para promover a troca de experiências entre os participantes. Não há barreiras entre as colaborações, e o impacto na pesquisa é significativo, pois combina a expertise e os recursos de ambos os grupos”.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias