sexta-feira, 23, fevereiro, 2024

Região Central gerou 231 empregos em setembro

Os novos postos de trabalho se dividiram pelos seguintes setores: indústria (132); construção (-45); comércio (88); serviços (274); e agricultura, pecuária e pesca (-218)

Mais lido

O Estudo Emprego Formal, da Fundação Seade, aponta que a Região Central registrou a criação de 231 empregos formais no mês de setembro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged. Os novos postos de trabalho se dividiram pelos seguintes setores: indústria (132); construção (-45); comércio (88); serviços (274); e agricultura, pecuária e pesca (-218).

De acordo com a pesquisa, os empregos com carteira de trabalho assinada aumentaram 0,4% no Estado de São Paulo, em setembro de 2023. A geração de 47 mil postos de trabalho decorreu de 582 mil admissões e 535 mil desligamentos. Com esse resultado, o estoque de empregos formais no Estado alcançou 13,5 milhões.

Os resultados apurados em setembro mostraram variações positivas na construção (0,7%); nos serviços (0,4%); na indústria (0,3%); e no comércio (0,2%). Houve recuo na agricultura (-0,2%).

Em números absolutos, o setor de serviços criou 29.417 empregos – com destaque para atividades administrativas e serviços complementares (13 mil) e alojamento e alimentação (5 mil) –, seguido pela indústria (7.011), comércio (6.724) e construção (948). A agricultura apresentou variação negativa (-794 postos de trabalho).

Por regiões, os destaques na criação de empregos em setembro foram: Capital (14.783), demais municípios da Região Metropolitana de São Paulo (12.546) e regiões administrativas de Campinas (5.995) e de Sorocaba (3.760).

Confira aqui os dados completos da região e, também, os específicos dos municípios:
https://trabalho.seade.gov.br/

Sobre o Seade
Há mais de 40 anos, o Sistema Estadual de Análise de Dados é referência nacional na produção e disseminação de análises e estatísticas socioeconômicas e demográficas do Estado de São Paulo.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias