quinta-feira, 18, julho, 2024

Saúde inicia vacinação contra a gripe na segunda (25) em todas as unidades

Tradicionalmente realizada entre os meses de abril e maio, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza está começando mais cedo neste ano

Mais lido

A Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vai iniciar, nesta segunda-feira (25), à Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe) 2024, que se estenderá até dia 31 de maio. Este ano, o Ministério da Saúde está antecipando a vacinação em razão do aumento da circulação de vírus respiratórios no país; tradicionalmente, ela é realizada entre os meses de abril e maio.

Em Araraquara, a vacina contra a gripe estará sendo aplicada nas 37 Unidades Básicas de Saúde, das 8 às 16 horas, e na unidade do Sesa, das 8 às 15 horas.

Entre as pessoas que serão vacinadas nesta fase estão idosos, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde e da educação, pessoas com deficiência permanente e caminhoneiros, entre outros (confira a relação completa abaixo).

As pessoas elegíveis devem procurar um dos postos munidos de documento com foto e caderneta de vacinação. No caso dos profissionais elencados, levar comprovante de vínculo ativo.

“Observamos muitos casos que apontam para a antecipação da circulação dos vírus respiratórios em geral neste ano. Por isso, a vacinação contra a gripe também está começando mais cedo e é muito importante que as pessoas que são elegíveis procurem nossas unidades de saúde para garantirem essa proteção antes mesmo do período das temperaturas mais baixas”, afirma Eliana Honain, Secretária Municipal da Saúde.

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina utilizada é trivalente, ou seja, apresenta três tipos de cepas de vírus em combinação, protegendo contra os principais vírus em circulação no Brasil.

SERVIÇO

Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe)

De 25 de março a 31 de maio

Todas as unidades de saúde do município: das 8h às 16h

Unidade do SESA: das 8h às 15h

Podem se vacinar:

• Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;

• Idosos;

• Gestantes;

• Puérperas (até 45 dias pós-parto);

• Povos Indígenas e Quilombolas;

• Trabalhador da Saúde;

• Adolescentes e jovens em medidas socioeducativas (12 a 21 anos);

• População privada de liberdade;

• Funcionários do sistema de privação de liberdade;

• Pessoas com comorbidades;

• Professores e trabalhadores da educação;

• Profissionais das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica);

• Pessoas em situação de rua;

• Profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais federais, militares, civis e rodoviários;

• Bombeiros militares e civis; e guardas municipais e trânsito);

• Caminhoneiros;

• Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbano e de longo curso;

• Trabalhadores Portuários.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias