sábado, 15, junho, 2024

UPA da Vila Xavier será desativada hoje (8), às 23h59, para reforma e ampliação

Atendimentos serão direcionados às UPAs Central e Valle Verde

Mais lido

A Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Vila Xavier funcionará até as 23h59 deste sábado (8) e depois será desativada temporariamente para o início das obras de reforma e ampliação da unidade. A partir deste horário (00h00 do domingo), as pessoas deverão buscar atendimento nas UPAs Central e Valle Verde, que estarão funcionando normalmente.

E a partir das 7 horas da segunda-feira, dia 10 de junho, será ativada a estrutura de Pronto-Atendimento na lateral da Unidade de Retaguarda do Melhado (antigo PS do Melhado), localizada na Av. Eitor Bim, Vila Suconasa, ao lado do Samu.

O objetivo é manter o atendimento da demanda nestas 3 unidades com a mesma qualidade do serviço de assistência médica que vem sendo prestado.

Este remanejamento marca o início da reforma e ampliação da UPA da Vila Xavier, que será a primeira unidade a receber as melhorias já anunciadas; as outras duas UPAs também serão reformadas e ampliadas.

As reformas das UPAS, que contarão com um investimento de R$ 6,9 milhões, fazem parte de um pacote de 24 obras na área da Saúde custeadas pelo Governo Federal por meio do Ministério da Saúde, sendo seis delas eleitas no Orçamento Participativo.

A assinatura da Ordem de Serviço para início das obras fez parte da agenda do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da Ministra da Saúde, Nísia Trindade, em Araraquara, no último dia 24 de maio. Na ocasião, estiveram também na cidade cumprindo agenda, junto com Lula e a Ministra Nísia, os ministros Jader Filho (Cidades), Renan Filho, (Transportes), Waldez Góes, (Integração e do Desenvolvimento Regional), Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar) e Márcio França (Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte)

No caso da UPA da Vila Xavier, o valor da obra será de R$ 2.251.000,00, o que incluirá reforma do telhado e manutenção de estrutura e sistema de energia solar existente; substituição de piso; revisão dos aparelhos de ar-condicionado, substituição de reservatório de água; substituição de portas e ferragens; pintura de brises e outros elementos da fachada; recuperação de paredes e forro, recuperação de trincas e fissuras; pintura geral, substituição de coberturas e estruturas nas fachadas; manutenção da parte elétrica; substituição de gabinetes e armários, além de instalação de bate-macas; entre outras melhorias.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias