sábado, 15, junho, 2024

Vigilância alerta moradores para risco de golpes de falsos agentes da dengue

Relatos apontam que estelionatários pediram códigos enviados pelo celular e também fizeram falsas cobranças de multas

Mais lido

A Prefeitura de Araraquara, por meio da Gerência de Controle de Vetores da Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, alerta os moradores para tentativas de golpe de falso agente da dengue.

Alessandra Cristina do Nascimento, gerente de Controle de Vetores, lamentou a situação. “Em um momento tão delicado em que o Brasil soma 5.100.766 casos confirmados de dengue desde janeiro de 2024, tomamos ciência de que, lamentavelmente, estão tentando aplicar golpes no município de Araraquara, utilizando os serviços dos agentes de Endemias”, revelou.

Segundo os relatos, em uma tentativa, o estelionatário entrou em contato com uma comerciante, pedindo para informar um código enviado ao celular, para que a partir deste código pudesse agendar uma vistoria. Ao perceber que a comerciante estava resistindo à ação, o golpista ficou exaltado e disse que encaminharia uma multa imediatamente ao estabelecimento. Em outra tentativa, o estelionatário, em contato com outro lojista, disse que era necessário pagar R$ 200 para nebulizar o estabelecimento.

Alessandra explicou alguns pontos sobre a atuação dos agentes. “Esclarecemos que, na tentativa de diminuir o número de imóveis fechados que não recebem a importante visita do agente, o Controle de Vetores deixa uma filipeta para que o morador entre em contato para agendamento de vistoria, sendo de extrema importância o atendimento dessa orientação, porém a gerência informa que não solicita código por celular e que não há cobrança por nenhum serviço prestado pelos agentes de endemias, tratando-se de serviços públicos de saúde prestados pela Prefeitura Municipal de Araraquara. Em casos de aplicação de penalidade de multa por não atendimento às orientações, o munícipe será notificado anteriormente”,

É importante que a população participe da luta contra a dengue, autorizando o acesso aos quintais e residência para a eliminação de possíveis focos do mosquito transmissor da doença, mas é importante prestar atenção na identificação do agente antes de permitir o acesso à residência.

Os agentes de combate a endemias trabalham sempre uniformizados, com camiseta azul e colete marrom, além de circularem em carros oficiais. Já os supervisores circulam com camiseta verde, com identificação da Vigilância. E também há agentes comunitários de saúde (ACS) atuando neste trabalho nas regiões do Programa de Saúde da Família (PSF), sempre uniformizados e com crachás.

Em caso de dúvida sobre a identificação da equipe, o morador pode ligar nos telefones (16) 3303-3123, (16) 3303-3124 e (16) 99625-0163. O interessado pode também ir pessoalmente até o Controle de Vetores, que funciona no espaço do Distrito Araraquara (antigo Cear), que fica na Rua Ivo Antônio Magnani, 430. 

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias