segunda-feira, 27, maio, 2024

Campanha em prol das vítimas dos temporais do RS segue em Araraquara

Ação realizada pela Prefeitura conta com pontos de arrecadação em várias regiões de Araraquara

Mais lido

A campanha realizada pela Prefeitura de Araraquara em prol das vítimas dos temporais que afetaram o Rio Grande do Sul nos últimos dias segue em atividade na cidade. Além da grande quantidade de pessoas que estão colaborando com suas doações, a ação também conta com a sensibilidade de algumas empresas e instituições da cidade.

Dois exemplos dessa iniciativa vieram da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara, que fez a entrega de 2.112 pacotes de absorventes ao Fundo Social de Solidariedade, e da Faculdade Logatti, que doou 67 litros de leite, arrecadados pelo Projeto Mãos de Alegria, que é desenvolvido pela própria instituição de ensino. Diversas outras empresas seguem colaborando de forma ativa para a campanha.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Araraquara, Cidinha Silva, falou sobre a importância da colaboração de todos. “Quero pedir a colaboração de toda a população da nossa cidade, lojistas, pessoas físicas e quem puder nos ajudar. Estamos aqui de portas e coração abertos. Estamos precisando de tudo para mandar para eles, como roupas e alimentos, mas estamos focados em algumas prioridades como água mineral, produtos de limpeza e higiene pessoal. Os produtos de limpeza são sabão, sabão em pó, detergente, desinfetantes, esponjas, entre outros. Os produtos de higiene pessoal são pasta de dente, escovas, desodorante, sabonete, shampoo, condicionador e absorvente”, comentou.

A ação em prol das vítimas das chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul atende a um pedido da primeira-dama do Brasil, Janja, feito diretamente ao prefeito Edinho, que também é secretário geral da Frente Nacional de Prefeitos.

Os pontos de coleta são o Fundo Social de Solidariedade de Araraquara, a sede da Guarda Civil Municipal, a Casa dos Conselhos, a Secretaria de Esportes e Lazer (Gigantão), a Biblioteca Municipal Mário de Andrade, a sede da MoradaCar, a Casa SP Afro Brasil “Oswaldo da Silva – Bogé”, a Ceagesp, o Tiro de Guerra, o Shopping Jaraguá, Casa Deliza e todas as lojas das redes DrogaVen e Savegnago.

São arrecadados alimentos não perecíveis, roupas, cobertores, água e produtos de higiene. A campanha também tem o tema “Um por todos e todos por elas”, que visa arrecadar itens específicos para mulheres, como absorventes e peças íntimas. Jacqueline Barbosa falou sobre a atuação da população de Araraquara na ação.

Números da tragédia

Até esta quarta-feira (6), os temporais do Rio Grande do Sul resultaram em 100 mortes confirmadas, quatro óbitos em investigação, 128 pessoas desaparecidas e 372 feridos. Há 230,4 mil pessoas fora de casa. Desse total, são 66,7 mil em abrigos e 163,7 mil desalojados (pessoas que estão nas casas de familiares ou amigos). As fortes chuvas tiveram início em 27 de abril e ganharam força no dia 29, atingindo 417 municípios do Rio Grande do Sul, um total de 1,4 milhão de pessoas afetadas de alguma forma pelo temporal.

Mais informações sobre a campanha podem ser obtidas no link araraquara.sp.gov.br/araraquara-solidaria

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias