terça-feira, 16, abril, 2024

Deputada questiona SSP sobre uso de apenas 3% da verba para Delegacias da Mulher em SP

Marina Helou (REDE) mandou ofício para Secretário Derrite perguntando para onde os demais recursos previstos foram realocados

Mais lido

A deputada estadual Marina Helou (REDE) oficiou o Secretário de Segurança Pública, Guilherme Derrite, questionado a informação de que, em 2023, apenas 3% do orçamento previsto ao funcionamento das Delegacias de Defesa da Mulher (DDMs) foram utilizados para executar as ações. 

Com a defesa da vida das mulheres como pauta prioritária desde o primeiro mandato, Marina considera lamentável que, dos R$ 24 milhões disponibilizados para implementação de delegacias da mulher 24 horas, apenas R$ 675,5 mil tenham sido usados durante todo o ano passado. 

A deputada destaca, ainda, que 2023 foi o ano com maior registro de casos de feminicídio desde 2018, quando o crime passou a ser contabilizado separadamente no estado de São Paulo. No documento, a Marina Helou pergunta por que o recurso não foi empenhado e, em caso de realocação, para quais outras ações a Pasta destinou a verba.

“Priorizar as mulheres no orçamento é dever de um estado comprometido com o fim da violência contra a mulher. O atendimento 24h em todas as Delegacias da Mulher é fundamental para que vítimas de violência física, moral e sexual possam fazer a denúncia do crime e receber o acolhimento necessário”, finaliza a parlamentar. 

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias