sexta-feira, 23, fevereiro, 2024

Laboratório de Simulação Realística da Uniara recebe o nome da professora e médica Cibele Répele Duch

Descerramento da placa de homenagem póstuma foi realizada no sábado (16), no NITE da instituição

Mais lido

No último sábado (16), a Universidade de Araraquara – Uniara realizou uma homenagem póstuma a professora e médica Cibele Répele Duch, ao dar o nome da docente ao seu Laboratório de Simulação Realística. Cibele atuou na instituição durante quinze anos. Na ocasião, estiveram presentes amigos e familiares da docente, além de médicos, professores e colaboradores da universidade. A música de recepção dos convidados ficou por conta do maestro Rogério Toledo e do professor de música Antonio Moraes.

O evento foi idealizado, de forma emocionada, pela médica e coordenadora do curso de Medicina da Uniara, Cynthia Mauro Piratelli. “A homenagem se deu pela honra de ter convivido com a doutora Cibele durante todos esses anos, como idealizadora de um curso de Medicina que fosse humanizado e desenvolvesse no aluno competências básicas e avançadas para um futuro profissional médico na região de Araraquara. Além disso, doutora Cibele também foi coordenadora do Internato Médico e coordenadora do Programa de Residência Médica em Clínica Médica dentro das equipes de saúde da Santa Casa de Misericórdia da cidade”, afirma.

De acordo com Cynthia, “não haveria outra forma de se prestigiar e honrar o nome da doutora Cibele do que com a nossa gratidão universitária, a não ser dando o seu nome ao nosso Laboratório de Simulação Realística, onde os nossos alunos são treinados em suas habilidades e competências clínicas antes de se formarem, porque é um laboratório de extrema inovação tecnológica, que mistura sentimentos e emoções com a tecnologia dos manequins de alta fidelidade”.

Assim que se deu início à cerimônia, Cynthia fez uma homenagem emocionante falando sobre a vida de Cibele, além de declamar uma poesia em seu nome para os familiares. Logo após foi descerrada a placa com a foto e nome da homenageada. Depois, uma rosa branca com uma lembrança fotográfica foi entregue a todas as mulheres convidadas para esse evento. Em seguida, os presentes foram convidados a conhecer o Laboratório, onde um letreiro com o nome da professora homenageada está fixado.

“Na ocasião estiveram presentes em torno de quarenta familiares da doutora Cibele, entre eles o esposo, os filhos, a mãe e os irmãos. Todos eles foram recebidos com muito amor e muita luz. Foi um evento muito emocionante, onde todos sentiram a importância de exímia médica com quem tivemos a maravilhosa oportunidade de conviver. Agradeço muito a Deus por essa força que Ele nos deu de levar esse momento do começo ao fim, com todas as emoções que precisavam sair da gente externadas sob a forma dessa homenagem”, emociona-se Cynthia.

“Em nome da Uniara, gostaria de agradecer a todas as pessoas que participaram intensamente do processo de organização e realização desse sonho. Desde o professor Gerson Braz, que é o coordenador do Núcleo de Inovação Tecnologia e Empreendedorismo – NITE da Uniara, onde fica situado o nosso Laboratório, a professora Viviane Ferreira, responsável pelo Laboratório, ao pessoal do Eventos, em nome da Adriana, alguns colaboradores, como a Miriam, Rodrigo, Melissa e Rita que são funcionários da unidade II, os inspetores que ajudaram na finalização e encaminhamento dos convidados, ao pessoal da Assessoria de Imprensa, da TV e da Rádio Uniara, ao maestro Rogerio e ao Antonio”, completa. 

“E, obviamente, gostaria de fazer agradecimento mais do que especial ao reitor da Uniara, professor doutor Luiz Felipe Cabral Mauro, que permitiu que pudéssemos realizar essa homenagem póstuma a uma grande amiga, parceira, professora e querida médica da cidade de Araraquara”, finaliza Cynthia.

Redação

Mais Artigos

Últimas Notícias